Ações de infraestrutura na Cidade do Povo beneficiam milhares de pessoas

Ações do governo do Acre vêm mudando a realidade de mais de 10 mil pessoas que residem na Cidade do Povo, em Rio Branco. Investimentos em obras de infraestrutura, saneamento básico, tratamento de água e de esgoto têm proporcionado bem-estar e qualidade de vida aos moradores do maior conjunto habitacional do estado.

Investimentos também nas áreas de educação, saúde, segurança pública e infraestrutura têm feito do conjunto um local agradável para morar.

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Obras Públicas (Seop), já concluiu a pavimentação, drenagem e redes de água e esgoto, beneficiando mais de três mil famílias oriundas de áreas de risco.

Uma ação conjunta dos governos estadual e municipal permitiu a construção do terminal de integração da Cidade do Povo, entregue no último dia 12.

A iniciativa vai beneficiar também os usuários de transporte coletivo dos bairros Santa Cecília, Dom Moacyr, Polo Belo Jardim e Liberdade. O terminal contará com 17 ônibus diários.

“Já trabalhamos com a previsão de entregar, até o meio do ano, mais 345 casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida. Iniciativas como essas têm proporcionado desenvolvimento e qualidade de vida às famílias que residem no empreendimento habitacional”, comenta a secretária-adjunta da Seop, Adla Maria Ferreira.

Para os próximos 30 dias, já está sendo finalizada a implantação das vias que dão acesso à Cidade do Povo.

Em pleno funcionamento

Desde que foi entregue a primeira casa, o governo do Estado tem trabalhado para oferecer aos moradores o direito a saneamento básico, educação, saúde e segurança pública, entre outros.

Atualmente, estão em pleno funcionamento três escolas, sendo uma de ensino médio e duas de ensino médio fundamental I e II.

As crianças com idade de zero a três anos são atendidas por uma creche que está sob a responsabilidade da prefeitura de Rio Branco.

Na área de esporte e lazer, já foram entregues duas praças da juventude. No que diz respeito à saúde, foi construída no local uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com capacidade para atender 50 mil pessoas.

Lugar diferenciado

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade do Povo tem capacidade para atender 50 mil pessoas (Foto: Ângela Peres/Secom)
Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade do Povo tem capacidade para atender 50 mil pessoas (Foto: Ângela Peres/Secom)

“A Cidade do Povo é um lugar diferenciado. A cada obra que entregamos, percebemos nos rostos dos moradores a alegria por estarem tendo a oportunidade de mudar e melhorar de vida, o que para muitos antes era inviável”, destaca Adla Ferreira.

Até o fim do ano, a previsão é de que sejam entregues mais duas creches, 12 praças, um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), a Escola de Hospitalidade e Gastronomia, o Centro de Educação Profissional, a Unidade de Atendimento Básico (UBS) e uma escola voltada ao ensino infantil.

O diretor de Obras da Seop, Átila Pinheiro, destaca que os equipamentos públicos instalados na Cidade do Povo também atendem aos moradores dos bairros do entorno. “São investimentos que resultam diretamente na melhoria de vida da população”, ressalta.