gestão do SUS

Servidores da Maternidade e Pronto-Socorro de Rio Branco participam de curso de especialização

Em cerimônia nacional realizada de forma remota, o Ministério da Saúde (MS), por meio do Projeto de Desenvolvimento da Gestão de Programas de Residência e da Preceptoria no SUS (DGPSUS), iniciou nesta quinta-feira, 17, os cursos de especialização em Gestão de Programas de Residência em Saúde (GPRS) e em Educação na Saúde para Preceptores no SUS (PSUS).

Quarenta profissionais do Acre fazem a especialização – Foto: Ascom/Sesacre

Os cursos são destinados a profissionais da Maternidade Bárbara Heliodora e do Pronto-Socorro de Rio Branco, sendo executado em parceria com as secretarias estadual e municipal de Saúde, além da Universidade Federal do Acre (Ufac). Das mais de mil vagas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, 40 foram destinadas para a capacitação de servidores do Acre.

“Essas capacitações permitem uma construção de formação em saúde compatível com a diversidade e complexidade das necessidades do Sistema Único de Saúde e temos potencialidade de formar pessoas sintonizadas com a defesa desses princípios. A ideia é transformar os processos de trabalho e produzir uma melhor qualificação de atenção em saúde, com fim de dinamizar os serviços prestados à população dentro das unidades”, explicou Estela Livelli, coordenadora estadual das Residências UNI e Multiprofissionais em Saúde.

As aulas seguem durante todo o mês, de forma remota. Foto: Ascom/Sesacre

As especializações serão desenvolvidas em outras 40 regiões de saúde em todos os estados do país, chegando a envolver mais de 1,2 mil profissionais. Os projetos de intervenção produzidos pelos participantes serão executados, monitorados e avaliados durante o próprio processo educacional e devem trazer contribuições importantes para o fortalecimento de integração ensino-serviço, refletindo na melhoria do cuidado em saúde.