SEPMulheres realiza oficina em Feijó e Tarauacá

 

Oficina capacita vários profissionais sobre os direitos da mulher (Foto: Divulgação)
Oficina capacita vários profissionais sobre os direitos da mulher (Foto: Divulgação)

Encerra-se nesta quinta-feira, 16, a Oficina de Capacitação da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, ministrada em Feijó e Tarauacá. A ação, que começou na terça-feira, 14, é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres (SEPMulheres).

Integrar o trabalho entre os serviços de atendimento às mulheres é o principal objetivo da ação, que está contemplando policiais civis e militares, assistentes sociais, psicólogas, agentes de saúde, professores, operadores do direito, gestores, militantes do movimento de mulheres e a comunidade.

Joelda Pais, coordenadora de Direitos Humanos da SEPMulheres, salientou que os participantes terão oportunidade de conhecer as políticas públicas e legislações que garantem os direitos das mulheres. “Ao fim da capacitação, teremos um produto construído pelos envolvidos na defesa e proteção das mulheres dos dois municípios”, frisou.

As discussões se dividiram sobre os mais variados temas acerca de gênero, Lei Maria da Penha, política nacional pelo enfrentamento à violência contra as mulheres com foco no Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência, e o atendimento às mulheres do campo e da floresta, com o enfrentamento à exploração sexual e ao tráfico de mulheres.

O Sistema Único de Saúde (SUS) e o Sistema Único da Assistência Social (Suas), atendimentos em programas sociais voltados para a transferência de renda e geração de emprego, também foram apresentados.

A ação está prevista nas metas de 2015 do Plano Estadual de Políticas para as Mulheres e tem o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.