avanço

Segurança realiza vistoria em prédio que funcionará como posto policial na rodovia Transacreana

Representantes da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp) realizaram na manhã desta terça-feira, 22, uma visita ao antigo prédio da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócios (Sepa), dentro da comunidade Vila Verde, localizada no km 58 da estrada Transacreana. A estrutura, até então desativada, será idealizada para funcionar, inicialmente, como um posto avançado da Polícia Militar e atenderá as necessidades de segurança dos moradores da região.

Ao realizarem a vistoria no local, a equipe constatou a necessidade de uma reforma. Apesar do aspecto abandonado, o prédio não está com a estrutura física comprometida, o que contribuirá para ações mais rápidas envolvendo a limpeza e estruturação do posto policial que futuramente será utilizado como Base Integrada de Segurança Pública.

Espaço será usado como posto avançado da Polícia Militar Foto: Elenilson Oliveira/Sejusp

De acordo com o subsecretário da Sejusp, Maurício Pinheiro, a intenção da visita foi fazer uma avaliação do espaço para alocar o efetivo policial e, assim, fornecer segurança aos moradores da localidade. “A estrutura não está tão depreciada, então acreditamos que conseguiremos implementar as ações de policiamento ostensivo na região o mais rápido possível”, ressaltou.

O comandante do 1º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Giovane Galvão, afirmou que a implementação da base na região trata-se da utilização de um ponto estratégico, pois este ficará na metade do percurso da rodovia, o que promoverá otimização dos serviços da polícia aos mais de 30 mil moradores. Ele também enfatizou que outras forças poderão agregar os serviços, como o Grupo Especial de Fronteiras (Gefron), o policiamento ambiental e o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Posto avançado fortalecerá o policiamento que já é realizado na Transacreana Foto: Paulo Roberto/Sejusp

Para Galvão, um dos pontos primordiais para o avanço dos planos será a estruturação da comunicação, destacando que a Sejusp já está viabilizando os recursos necessários. “Resolvendo as duas demandas que são colocar repetidores ao longo da rodovia estadual Transacreana e implementar a internet no local, poderemos dar um bom suporte para a população dos ramais e da comunidade Vila Verde”, finalizou.

Matéria produzida pelo estagiário Renato Menezes