aprimoramento

Segurança do Estado capacita profissionais do Corpo de Bombeiros do Vale do Juruá

Marcado por disciplina e comprometimento do efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC) no Vale do Juruá, o Curso de Armamento, Munição e Tiro se iniciou na nesta segunda-feira, 7, como mais um investimento do governo nas forças de Segurança do Estado.

A capacitação é mais uma forma de valorização das forças de Segurança do Estado. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

Cerca 60 profissionais dos batalhões de Cruzeiro do Sul, Feijó e Tarauacá estão recebendo, ao longo desta semana, na sede do 6º Batalhão de Polícia Militar (6ºBPM), em Cruzeiro do Sul, instruções sobre legislação, manuseio de armas e aulas práticas voltadas à realização de tiros, além de se submeterem a um teste para averiguar o nível de aquisição de conhecimento durante a capacitação.

James Clei de Carvalho, titular da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp) na região, classifica a iniciativa como uma demonstração da união das forças que garantem a ordem e o direito de ir e vir do cidadão acreano. Na visão do gestor, a reciclagem é garantia, aos bombeiros, de pronta resposta em caso de necessidade.

A reciclagem é garantia aos bombeiros de pronta resposta em caso de necessidade, afirma a Sejusp. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

“Buscamos o desenvolvimento dos operadores de segurança e, em razão disso, o Acre se fortalece cada vez mais. É mais uma forma de valorização por parte do governo, que vislumbra o servidor público como o maior patrimônio do Estado”, declarou Carvalho.

O subcomandante do Batalhão de Educação, Proteção e Combate a Incêndio (4ºBepecif) de Cruzeiro do Sul, primeiro-tenente Ocimar Farias, afirma que o treinamento, além de necessário, é um caminho para a corporação aperfeiçoar suas ações na região. “Agradecemos ao governador Gladson Cameli e ao titular da Sejusp, coronel Paulo César Santos, pela determinação em reestruturar as forças militares”, declarou.

Outros investimentos em segurança no Juruá

Os investimentos somam quase R$ 10 milhões e ajudam ao Acre a melhorar os indicadores de segurança, conquistando o 5º lugar entres os estados mais pacíficos do país, informa a Sejusp.

Somente em Cruzeiro do Sul, são aplicados R$ 6,9 milhões em reformas de prédios e aquisição de modernos equipamentos, que oferecem condições dignas de trabalho ao policial. Além disso, mais R$ 2,5 milhões foram destinados à construção do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) das cidades de Porto Walter e Mâncio Lima.

Mais de R$ 10 milhões investidos pelo governo na segurança pública do Vale do Juruá. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

São intervenções que vêm gerando grandes frutos no Juruá, como apreensão recorde de toneladas de entorpecentes, queda significava dos casos de homicídio doloso, de lesão corporal seguida de morte, de latrocínio, de feminicídio e de morte em decorrência de atividades policiais, além da prisão de líderes de facções, o que desarticula o crime organizado.

“Em 2019, o Acre carregava o posto de uma das regiões mais violentas do país. Hoje, com todas as melhorias e aplicações, avançamos e ocupamos o 5º lugar entre os mais pacíficos”, informou o gestor local da Sejusp.