28 de fevereiro

Saúde promove programação em referência ao Dia Mundial de Combate às Lesões por Esforço Repetitivo

Por Carina Menezes

Ação visa alertar sobre cuidados para prevenir doenças relacionadas ao trabalho

Em alusão ao Dia Mundial de Combate às Lesões por Esforço Repetitivo ou Distúrbios Osteomusculares (LER/Dort), celebrado anualmente em 28 de fevereiro, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), realiza uma ação de conscientização e abordagem sobre os distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, que incluem as lesões por esforços repetitivos (LER), em unidades de saúde do estado.

Ação visa alertar sobre cuidados para prevenir doenças relacionadas ao trabalho. Foto: Taís Nascimento

A campanha tem início nesta quinta-feira, 24, e se estende até o dia 9 de março. Como parte da programação será realizada uma rodada de palestras com fisioterapeutas e uma amostra de exercícios laborais para ilustração aos servidores, que podem ser implementados antes, durante e após as suas atividades laborais. O objetivo é conscientizar esses profissionais quanto às formas de prevenção, notificação e monitoramento dos casos.

“Com base nos dados estatísticos foram definidos os temas das palestras. Nossa meta é alertar sobre as doenças relacionadas ao trabalho, esclarecer como elas surgem e como podemos evitá-las, além de orientar sobre o atendimento, indicando onde as pessoas devem procurar ajuda”, explicou a chefe do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Eliane Costa.

De acordo com Eliane, os dados do Acre a respeito das doenças provocadas por atividades relacionadas ao trabalho chamam a atenção devido a subnotificações dos casos, o que ressalta a importância de se debater o tema.

“Em uma série histórica de 2011 a 2021 foram notificados 73 casos e, dos 22 municípios, apenas 6 (22%) incluíram dados no sistema de notificação. Nesse contexto, é importante despertar e conscientizar o trabalhador acerca desses agravos, já que estão entre as principais causas de afastamento do trabalho”, pontuou.

As ações ocorrem, respectivamente, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Franco Silva, no Hospital Epaminondas Jácome, em Xapuri, no Conselho Estadual de Saúde e no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre). Todos os coordenadores municipais de saúde do trabalhador também foram incentivados a realizarem ações inerentes ao tema.

Confira a programação completa:

Dia 24/02 – UPA Franco Silva, a partir das 9h
Dia 25/02 – Hospital Epaminondas Jácome – Xapuri, a partir das 8h
Dia 04/03 – Conselho Estadual de Saúde/ Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (CISTT)
Dia 09/03 – Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre), a partir das 9h

Dia Mundial do Combate às LER/Dort

Celebrado no dia 28 de fevereiro, o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforço Repetitivo ou Distúrbios Osteomusculares – LER/Dort foi instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o intuito de alertar a população e chamar a atenção das autoridades a respeito da importância de adotar cuidados e medidas preventivas contra lesões associadas à repetição de movimentos.

As LER e Dort são as principais causas de afastamento do trabalho no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde. Elas englobam cerca de 30 doenças, das quais a tendinite, a tenossinovite e a bursite são as mais conhecidas. Na maioria das vezes, as doenças são provocadas por atividades relacionadas à organização do trabalho, como a repetição de movimentos, postura inadequada, fatores psicológicos e sobrecarga física. Mais de 3 milhões de brasileiros já tiveram a doença, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).