Imunização

Saúde disponibiliza vacinas para influenza a partir do dia 23

O Ministério da Saúde antecipou a campanha de vacinação contra a influenza que terá início dia 23 de março e se estende até dia 23 de maio. A meta é atingir 90% de cada grupo prioritário. A campanha terá três fases estratégicas para alcançar crianças, trabalhadores da Saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos de 55 a 60 anos ou mais, comorbidades, professores, privados de liberdade, funcionários do sistema prisional, forças de segurança e salvamento.

Campanha irá acontecer nos 22 municípios do estado Foto: Erasmo Salomão/MS

“A vacinação contra influenza tem por objetivo reduzir as complicações, as internações e a mortalidade, decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população alvo para a vacinação”, explicou a chefe de Imunização e Rede de Frio, Renata Quiles.

Nos últimos anos, o Acre não alcançou a cobertura vacinal para essa doença, mesmo assim, em 2019, o estado ficou apenas a dois percentuais de atingir toda a população. O Dia D da campanha, que se trata de uma mobilização nacional, irá acontecer no dia 9 de maio.

“As vacinas devem estar disponíveis em todas as unidades de saúde, permitindo o acesso facilitado à população durante todo o período da campanha, inclusive no Dia D, conforme estabelece o Ministério da Saúde”, destacou Renata Quiles.

Até o momento, o Acre recebeu 48.500 doses da vacina. A previsão é que chegue mais 12 mil esta semana. No total, o Acre aguarda o envio de 300 mil doses.  São 242 unidades de saúde em todo o estado. As doses estarão disponíveis em todos os 22 municípios do Acre.

As orientações do Ministério da Saúde são para trabalhar com vacinação extramuro, procurar ambientes arejados nas unidades, mantendo a distância de um metro de um para o outro. E traçar parcerias para vacinação em empresas e instituições.

Primeira Fase

A primeira da fase da campanha irá priorizar o atendimento aos idosos de 60 anos ou mais e profissionais da saúde, e irá ocorrer do dia 23 de março ao dia 15 de abril.

Segunda Fase

Professoras das escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais devem procurar os postos do dia 16 de abril ao dia 8 maio.

Terceira Fase

A terceira fase da vacinação deve imunizar crianças de 6 meses a menores de 6 anos, puérperas, gestantes, povos indígenas, adolescente e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade, entre os dias 9 e 23 de maio.

O vírus da gripe propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. A gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, provocado pelo vírus influenza, com grande potencial de transmissão.