cuidado

Estado disponibiliza vacina contra o sarampo a partir do dia 23 de março

No Acre, a Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo terá início no dia 23 de março e vai até o dia 30 de junho. O público-alvo é pessoas de 20 a 49 anos de idade, em todo o país. A meta da Secretaria de Estado de Saúde do Acre, por meio do Núcleo do Programa Nacional de Imunização, é de atingir 95% do público-alvo.

Dia D – o dia nacional de mobilização ocorrerá em 9 de maio Foto: Divulgação

“O estado possui um total de 326.909 pessoas a serem vacinadas contra o sarampo.  Então, é importante que as unidades de saúde ampliem o acesso desse público à vacinação”, destacou a chefe de Imunização e Rede de Frio, Renata Quiles.

Para isso, segundo Renata, se faz necessário que ocorra uma adaptação nos horários de atendimento. “Isso é possível por meio da implementação do horário estendido para o funcionamento das salas de vacina, bem como a oferta desse serviço nos finais de semana”, explicou a chefe do Núcleo do Programa de Imunização de Rede de Frio.

O Dia D da campanha, conhecido como um dia de mobilização nacional, ocorrerá no dia 9 de maio. Então, segundo a chefe do núcleo, Renata Quiles, a partir do dia 25 de maio até o dia 30 de junho, as equipes de saúde deverão implementar estratégias diferenciadas de vacinação para atingir a meta de vacinação.

“Estados e municípios devem elaborar planos de ação, nos quais, a vacinação contra o sarampo será realizada independentemente da situação vacinal das pessoas na faixa etária preconizada”, salientou Renata Quiles.

Vacina contra o sarampo é disponibilizada em todos os municípios acreanos Foto: Júnior Aguiar/Secom

A doença

De acordo com o Ministério da Saúde, o sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus que pode ser fatal. A transmissão da doença ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas.

O vírus do sarampo circula novamente no Brasil desde fevereiro de 2018. Até março de 2020, o País registrou 29.233 casos confirmados, com 30 óbitos pela doença que ainda ameaça a população brasileira com surtos que permanecem ativos em 10 Unidades Federadas (UF).

Principais sintomas

  • Febre acompanhada de tosse;
  • Irritação nos olhos;
  • Nariz escorrendo ou entupido;
  • Mal-estar intenso;
  • Manchas vermelhas no corpo e atrás das orelhas.

A prevenção do sarampo é a vacinação!

Quem deve vacinar?

  • Dose zero: Devido ao aumento de casos de sarampo em alguns estados, todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas (dose extra);
  • Primeira dose:  Crianças que completarem 12 meses (1 ano);
  • Segunda dose: Aos 15 meses de idade, última dose por toda a vida.

Tomou apenas uma dose até os 29 anos de idade:

  • Se você tem entre 1 e 29 anos e recebeu apenas uma dose, recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina;
  • Quem comprova as duas doses da vacina do sarampo, não precisa se vacinar novamente.

Não tomou nenhuma dose, perdeu o cartão ou não se lembra?

  • De 1 a 29 anos – São necessárias duas doses;
  • De 30 a 59 anos – Apenas uma dose.

Grávidas podem tomar a vacina contra o sarampo?

A vacina é contraindicada durante a gestação pois são produzidas com o vírus do sarampo vivo, apesar de atenuado. A gestação tende a diminuir a imunidade da mulher, o que deixa o sistema imunológico mais vulnerável e, por isso, a vacina pode desenvolver a doença ou complicações.

Que documentos devo levar para a unidade?

O cidadão deve levar o cartão de vacinação e documento de identificação.