Rio Branco recebe 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul

Brava Gente Brasileira, de Lúcia Murat abre a mostra em Rio Branco (Foto: Divulgação)
“Brava Gente Brasileira”, de Lúcia Murat, abre a mostra em Rio Branco (Foto: Divulgação)

Se você é cinéfilo e ama a sétima arte uma opção interessante é a 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul. Rio Branco recebe o projeto de 8 a 13 de dezembro, na Filmoteca Acreana, com sessões gratuitas às 13, 15, 17 e 19 horas.

A solenidade de abertura será às 18h30, com a exibição do filme “Que Bom Te Ver Viva”, de Lúcia Murat, homenageada da mostra. A cineasta esteve envolvida com os movimentos políticos de resistência ao golpe, foi presa em 1971 e levou suas experiências para as telas do cinema com o fim da ditadura, após 1985.

Inspirada nos 50 anos do golpe militar, o projeto traz também outros debates acerca dos direitos humanos, com filmes que abordam temas como população LGBT e enfrentamento a homofobia, questões culturais e territoriais da população indígena, direitos da pessoa com deficiência, entre outros.

A cineasta Lúcia Murat é a homenageada da mostra, inspirada nos 50 anos do golpe militar  (Foto: Divulgação)
A cineasta Lúcia Murat é a homenageada da mostra, inspirada nos 50 anos do golpe militar (Foto: Divulgação)

A 9ª Mostra apresenta uma cartela com 41 filmes, todos em closed caption e sessões que incluem audiodescrição, voltadas para pessoas com deficiência visual. “Mostra Competitiva”, “Mostra Memória e Verdade”, “Mostra Homenagem Lúcia Murat”e “Sessão Inventar com a Diferença” compõem a mostra.

Ditadura Militar – Os documentários “Setenta” (2013), de Emilia Silveira Brasil, e “Cabra Marcado para Morrer” (1984), de Eduardo Coutinho, estão entre as escolhas da curadoria, na “Mostra Memória e Verdade”. São produçõesvoltadas para o golpe de 1964, abordando questões sobre a ditadura e os contornos políticos do período.

A realização é da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em parceria com o Ministério da Cultura (MinC) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), com o apoio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e Fundação Euclides da Cunha, além do patrocínio da Petrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No Acre, o apoio cultural é da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Fundação Elias Mansour (FEM) e Secretaria de Estado de Turismo (Setul).

Serviço:
Rio Branco – AC- 8 a 13 de dezembro
Local:
Filmoteca Acreana – Av. Getúlio Vargas, 389 – Centro – (68) 3223-1210
Facebook Rio Branco:https://www.facebook.com/mostradireitoshumanosacre?ref=bookmarks

Site: http://www.mostracinemaedireitoshumanos.sdh.gov.br/