Policiamento Escolar tem surtido efeitos positivos na Baixada do Sol

Medida visa fortalecer a relação de confiança entre polícia e comunidade escolar (Foto: Wellington Mota/Assessoria PMAC)
Medida visa fortalecer a relação de confiança entre polícia e comunidade escolar (Foto: Wellington Mota/Assessoria PMAC)

Política pública voltada para oferecer uma maior segurança e proteção à comunidade escolar é um dos objetivos do Policiamento Comunitário Escolar, que vem sendo realizado em todas as regionais da capital acreana.

Na Baixada do Sol, área de atuação do 3° Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), as ações escolares são realizadas diariamente e atendem cerca de 40 colégios, na região urbana e rural, com um público aproximado de 37 mil pessoas.

“Buscamos sempre ouvir os gestores das escolas e recebemos elogios da atuação dos policiais que trabalham nesta área”, comentou o tenente-coronel Antônio Teles, comandante do 3° BPM, satisfeito com os resultados das ações preventivas.

Cláudia Valente, diretora da Escola Jovem Boa União, disse considerar importante a presença policial no ambiente escolar. “Sempre contamos com a parceria da Polícia Militar, e isso fortalece a segurança nas escolas”, disse a diretora.

Operação Escola Segura

Na última segunda-feira, 31, foi lançada a Operação “Escola Segura”, uma parceria entre a Polícia Militar e a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

A novidade visa fortalecer o policiamento nas escolas, por meio de ações preventivas, como palestras e orientações em sala de aula aos alunos.

A operação é uma forma de reforço ao policiamento escolar, que é realizado diariamente e irá abranger todas as escolas da capital, com a utilização de um efetivo de cerca de 20 policiais militares, distribuídos em seis viaturas.