Polícia Civil recebe alunos de escolas públicas do Bujari

(Foto: Assessoria Polícia Civil)
Alunos conheceram departamentos e delegacias da Polícia Civil (Foto: Sandro de Brito)

Nesta sexta-feira, 2, a Polícia Civil (PC) recebeu visita de alunos das escolas públicas Nova Vida e José Cesário de Farias, localizadas no Bujari, que participam do projeto PC na Escola. A iniciativa é desenvolvida pela Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar, Secretaria Municipal de Educação, prefeituras, Conselho Tutelar e direção das escolas, além da comunidade.

O projeto teve início no município com diversas atividades envolvendo cerca de dois mil alunos de escolas públicas que participaram de palestras congregando interesses mútuos de prevenção, conscientização e não uso de drogas. Os alunos visitaram a delegacia da 3ª Regional, Delegacia da Mulher (Deam), Delegacia de Flagrantes (Defla), Divisão de Investigações Criminais (DIC) e, por fim, a sede da Secretaria de Estado de Polícia Civil.

Os 19 alunos foram selecionados com base em critérios de análise de redação pelas escolas, após participarem de palestra sobre cidadania, proferida pelo delegado Pedro Resende, quando foram abordados assuntos relacionados ao respeito pelo próximo, bullying, drogas e valores de família e sociedade.

“É uma oportunidade maravilhosa para os nossos alunos poderem conhecer a Polícia Civil. Estou bastante satisfeita. Espero poder trazer todos da escola para participar desta experiência”, declarou a diretora da escola Nova Vida, Maria Sofia Rufino.

A aluna Raquel Almada França, 16 anos, diz ter ficado surpresa com a visita. “Gostei muito mesmo, e estou surpresa com tantas coisas realizadas pela polícia. Essa experiência vai ficar marcada em minha memória.”

“Receber esses alunos, e mostrar a instituição Polícia Civil para eles, dá-nos a clara sensação de que caminhamos alinhados com a comunidade e nos mostra que a prevenção e a conscientização dessas crianças é, sobretudo, o caminho certo que trará resultados positivos a todos nós”, destacou secretario de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela.