Parceria entre União e Peru auxilia no abastecimento do Acre

Nesta semana, há previsão de chegada de mais 60 toneladas de hortifrutigranjeiros e 30 de trigo (Foto: Arison Jardim/Secom)
Nesta semana, há previsão de chegada de mais 60 toneladas de hortifrutigranjeiros e 30 de trigo (Foto: Arison Jardim/Secom)

O governo do Estado anuncia a chegada de 58 toneladas de trigo nesta terça-feira, 1, na cidade de Assis Brasil. Procedente do Peru, a matéria-prima utilizada no preparo do pão – alimento habitual na mesa dos acreanos – foi conduzida pela Rodovia Interoceânica, e agora está no aguardo de liberação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Receita Federal para abastecer os mercados da região.

De acordo com a resolução n° 4.289, publicada em 20 de março deste ano, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou, excepcionalmente, o tráfego de empresas e cooperativas acreanas de transporte rodoviário de cargas pelo território peruano, em caráter ocasional, por meio de pontos habilitados de fiscalização alfandegária em Assis Brasil, Epitaciolândia e Cruzeiro do Sul.

No dia seguinte, o Mapa aprovou a importação emergencial de tomates do Departamento de Arequipa, no Peru, até o início da segunda quinzena de junho – data que também vale para a ANTT. Em ambos os casos, trata-se de um pedido do governo do Acre à presidência da República, somado a um conjunto de ações para evitar a carência de itens básicos de primeira necessidade à população.

“A medida está sendo adotada devido a alagamentos que ocorreram em Rio Branco que praticamente isolaram essa região”, explica o diretor substituto do Departamento de Sanidade Vegetal do Mapa, Carlos Franz. Além disso, o cimento também está na lista de produtos importados. Ainda nesta semana, há previsão de chegada de mais 60 toneladas de hortifrutigranjeiros e 30 de trigo.