Parceria entre governo e Acreaves recupera ramais no Alto Acre

Patrulha mecanizada auxilia produtores rurais na recuperação de ramais (Foto: Leônidas Badaró)
Patrulha mecanizada auxilia produtores rurais na recuperação de ramais (Foto: Leônidas Badaró)

Uma patrulha mecanizada da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) trabalha desde a semana passada na recuperação dos trechos críticos dos ramais na região do Alto Acre.

O trabalho é desenvolvido em parceria com o frigorífico Acreaves e tem como objetivo garantir que os produtores da região tenham condições de escoar sua produção. A empresa trabalha atualmente com 157 produtores familiares, que fornecem cerca de 350 mil aves por mês.

Os custos para a recuperação dos ramais que dão acesso as propriedades onde são criadas as aves são divididos entre governo, empresa e produtores rurais.

A Seaprof disponibiliza os equipamentos, a empresa, o combustível e a logística necessária, e o produtores rurais fornecem a alimentação aos operadores das máquinas.

O empresário Paulo Santoyo, da Acreaves e Dom Porquito, destaca que a parceria com o governo é fundamental, já que a empresa funciona durante todo o ano. “Nós só não trabalhamos na sexta-feira da Semana Santa. Durante todo o resto do ano, mesmo em datas como Natal, a produção não para. Então, é preciso que os produtores possam escoar sua produção durante o período de chuvas”, afirma.

Santoyo conta ainda que com a parceria todo mundo sai ganhando. “Com os ramais com condições de tráfego, nossos caminhões entram para deixar rações e saem com os frangos que serão abatidos no frigorífico. Todo mundo ganha”, explica.

Glenílson Figueiredo, titular da Seaprof, enaltece a parceria do governo com o setor produtivo. “Este é um governo parceiro dos produtores familiares. A gente sabe do salto de qualidade na vida dos produtores do Alto Acre com a chegada da Acreaves. Natural, portanto, que a gente ajude a dar condições para o escoamento dessa produção”, enfatiza.