segurança

Operação é realizada em residências de monitorados na Cidade do Povo

As operações de segurança não param em todo o estado do Acre. Durante a tarde deste sábado, 8, policiais penais da Unidade de Monitoramento Eletrônico de Presos (Umep) e do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe) realizaram uma operação de fiscalização em residências de presos monitorados do conjunto habitacional Cidade do Povo.

A operação, apesar de fazer parte da rotina da Umep, visa coibir possíveis crimes e identificar ilícitos praticados pelos monitorados. Além disso, atua na continuidade da busca por presos foragidos do sistema penitenciário.

A operação também inclui áreas de mata onde alguns foragidos podem se encontrar Foto: Elenilson Oliveira

De acordo com o coordenador de segurança da Umep, Ezequias Lima, o bairro Cidade do Povo foi escolhido para o início da operação, tendo em vista a grande concentração de monitorados na região. Outro ponto levado em questão é o fortalecimento das ações policiais naquela comunidade.

O diretor da unidade, Alberto Ribeiro, explicou que diariamente são realizadas fiscalizações de rotina nas residências e locais de trabalho dos monitorados. Neste sábado, o efetivo foi ampliado, com o apoio do Gpoe, para alcançar o maior número de presos nessa condição.

“Somente na cidade do povo, nós fazemos o monitoramento e fiscalização de 44 presos. Hoje nós fiscalizamos todos eles e também as residências daqueles que se encontram evadidos. A operação aconteceu sem alteração”, explicou o diretor.