compromisso

Obras em execução melhoram condições de saneamento e saúde a mais de 115 mil pessoas no interior do estado

Com recursos do Banco Mundial e convênios com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o governo do Acre reforça o compromisso em ampliar e melhorar o sistema de água e esgotamento sanitário no estado. Por meio do Departamento Estadual de Água (Depasa), estão sendo executados R$ 40 milhões em obras de infraestrutura e saneamento nos municípios de Acrelândia, Brasileia, Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus, Porto Acre e, ainda, na Vila do V. Com inauguração prevista para agosto, as obras vão beneficiar mais de 115 mil pessoas.     

Obras de infraestrutura e saneamento já mudam a realidade dos municípios mais distantes Foto: Assessoria Depasa

“Em três meses de trabalho, visitamos 19 municípios e estamos, agora, nesses locais, finalizando obras importantes para trazer melhorias à população, que é o nosso objetivo. Para tanto, temos recursos do Banco Mundial, recurso da emenda do Orçamento-Geral da União, empréstimo do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social], convênios da Funasa, um complexo de órgãos e financiamentos que possibilitam levar benefícios à população”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Tião Fonseca. 

No município de Acrelândia, a prioridade foi melhorar o sistema de captação, adução e tratamento de água. Para isso, foi necessário instalar flutuante e motobomba, melhorar a rede elétrica e construir 2,4 quilômetros de adutora.

Por meio do Depasa estão sendo executados R$ 40 milhões em obras de infraestrutura e saneamento nos municípios de Acrelândia, Brasileia, Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus, Porto Acre e, ainda, na Vila do V Foto: Cedida.

Em Brasileia, os investimentos na melhoria do sistema de abastecimento contemplaram a construção de adutora de água tratada e água bruta, aquisição de motobomba para distribuição e captação, além de instalação de eletro-mecânicas prediais e de distribuição.

Por meio de convênio com a Funasa, o município de Manoel Urbano recebeu novo reservatório elevado de concreto armado com capacidade de 200m³ e melhorias do sistema de abastecimento de água do município. 

Em Santa Rosa do Purus, o investimento foi na implantação do sistema de captação e adução de água. 

Melhorias do sistema de captação, tratamento, reserva e distribuição de água foram feitas em Porto Acre e Vila do V Foto: Cedida.

Também por meio de convênio com a Funasa em Porto Acre e Vila do V, o governo executou obras de melhorias do sistema de captação, tratamento, reserva e distribuição de água. 

No âmbito do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica (Proser), com financiamento do Banco Mundial, em Marechal Thaumaturgo o Depasa executa obras de infraestrutura de urbanização e saneamento básico da área urbana do município. O projeto contempla aquisição de bombas dosadoras e construção, das estações de tratamento de água, esgoto, para melhorias do sistema de captação, tratamento, reserva e distribuição. 

“Estou muito feliz de estar concluindo essas obras importantes para cada acreano que reside nesses municípios. Uma boa notícia que trazemos para a população acreana são esses investimentos, essas melhorias”, declara Tião Fonseca. 

Isolados

Ainda com recursos do Banco Mundial, o Depasa executa ousado programa de soluções integradas em infraestrutura e saneamento básico que, além de Marechal Thaumaturgo, beneficia moradores nos municípios de Jordão, Porto Walter e Santa Rosa do Purus. 

Os projetos contemplam obras de ampliação do abastecimento de água potável, implantação do sistema de esgotamento sanitário, drenagem de águas pluviais e pavimentação de vias urbanas. O investimento é da ordem de R$ 118 milhões. 

No ano de 2019, o município de Jordão recebeu rede de água, rede de esgoto, drenagem, módulos sanitários e aquisição da estação de tratamento de água. Até janeiro de 2021, as obras serão concluídas com serviços de pavimentação, drenagem, esgoto, implantação de rede de água, elevatória e estação de tratamento de esgoto.

Em Porto Walter, os investimentos contemplam obras de pavimentação, drenagem, esgotamento sanitário, implantação de rede de água, elevatória e estação de tratamento de esgoto. Mais de 80% do projeto já foi executado.

No município de  Santa Rosa do Purus, já foram executados 69% do projeto que contempla serviços de pavimentação, drenagem, rede de esgoto, rede de água, e estação de tratamento de esgoto.

Combate ao desperdício e inclusão social

Os projetos executados no âmbito do Proser, com recursos do Banco Mundial contemplam, além da construção de  sanitários, a entrega de caixa d’água e boias às famílias de baixa renda. O objetivo é melhorar as condições sanitárias, de saúde e evitar o desperdício de água tratada.  Aos municípios contemplados foram entregues kits para coleta de lixo.