Valorização

Nos 109 anos de Tarauacá, governo entrega rádios completamente revitalizadas

Novo transmissor transistorizado de 1,5 kW também substituirá valvulado e dará mais clareza e potência aos programas, alcançado as comunidades mais distantes

O governador Gladson Cameli assinala um novo tempo na radiocomunicação pública de Tarauacá (distante 410 quilômetros de Rio Branco), com a inauguração da reforma das Rádios Aldeia FM e Difusora AM, prevista para este domingo, 24, quando o município celebra o aniversário de 109 anos de fundação.

Profissionais da Rádio Difusora de Tarauacá posam para a foto depois de obra de revitalização ser concluída; reforma será inaugurada neste sábado, 23, pelo governador Gladson Cameli e sua equipe Foto: Secom

Além da reforma física das duas emissoras, a comemoração é também dos profissionais locais de rádio que, na Rádio Difusora, foram beneficiados com um novo transmissor transistorizado de 1,5 kW para a rádio de Tarauacá.

Albanir Morais, coordenador do Sistema Público de Comunicação de Tarauacá, diz que o município vive um novo momento, com os novos investimentos.

O transmissor valvulado da Rádio Difusora de Tarauacá já tinha pelo menos 25 anos e funcionava de forma precária. “Hoje, com o novo transmissor digital, as pessoas estão tendo o privilégio de acessar o nosso sinal sem ruído e com um alcance muito maior”, comemora Morais.

Radialista Raimundo Accioly, da Rádio Difusora de Tarauacá; prédio será inaugurado neste sábado, 23. Foto: Difusora de Tarauacá

Segundo ele, o outro fator importante foi a reforma do nosso prédio, que estava há 18 anos sem uma revitalização. “Melhorou muito para nós, servidores, e para a população”, comemora

Além de Tarauacá, estão sendo beneficiadas a Rádio Difusora Acreana, em Rio Branco, com um transmissor novo de 10 kW, a Rádio AM de Sena Madureira (1 kW) e a Rádio Difusora de Feijó (2,5 kW).

Essa preocupação do governo com a modernização do sistema público só permitiu ganhos imensos para a comunidade, sobretudo a do interior do estado, que ainda tanto depende das ondas de rádio para se integrar com o mundo.