Mulheres aprendem a fazer produtos de limpeza a base de matéria-prima da florestal

Funtac promoveu oficina para comunidade do Custódio Freire

dsc_0183.jpg

Técnicos da Funtac realizaram a oficina na comunidade (Foto: Angela Peres/Secom)

 

dsc_0171.jpg

Com a polpa do cupuaçu, as mulheres fabricam comésticos (Foto: Angela Peres/Secom)

Sabão em barra e em pó, xampu, gel para dores musculares e repelentes. Esses foram os produtos que 28 mulheres da comunidade do Custódio Freire aprenderam a fazer durante um curso ministrado pelo Laboratório de Sementes e Produtos Naturais da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac). A fabricação é resultado de uma série de pesquisas realizadas pelo órgão estadual com o objetivo de valorizar os recursos naturais, gerando renda para os moradores da floresta e da cidade.

O curso foi uma iniciativa da associação de moradores e da comunidade escolar e contou com o apoio do Governo do Estado. “As mulheres foram ensinadas a utilizar materiais recicláveis, como o óleo de cozinha, para fabricar sabão. Óleos vegetais, como a andiroba e a copaíba, também foram utilizados”, explicou o farmacêutico Joselito Cordeiro.

“É um curso bem prático, ao alcance de todos. A gente pode economizar até 50 reais por mês deixando de comprar sabão, detergente e fabricando em casa. Essa economia a gente investe em outros produtos”, disse a dona de casa Marineyde Alves.

A vice-presidente da associação de moradores, Rose Nunes, comenta que a ideia é não deixar o conhecimento guardado. “Vamos organizar um mutirão para fazer os produtos em grande quantidade e depois dividir a produção”, disse.

A diretora da escola, que cedeu espaço para a realização do curso, Ivane Moraes, destacou a importância do curso para a comunidade. “São mulheres de baixa renda que vão economizar no orçamento doméstico e podem, inclusive, comercializar os produtos.”