Movimento ambiental mundial ganha adesão em evento protagonizado pelo AC

Governador Tião Viana chama mais estados para integrarem o MOU Under  (Foto: Rose Farias/Secom)
Governador Tião Viana chama mais estados para integrarem o MOU Under (Foto: Rose Farias/Secom)

Como um dos principais resultados e movimentos dentro da Força-tarefa de Governadores para o Clima e Florestas (GCF), o Mou Under 2, acordo visa reduzir em dois graus a temperatura do planeta até 2020 pela contenção das emissões de gás carbônico, segundo meta da Organização das Nações Unidas (ONU), passou a ser uma das missões e protagonismo do Acre na busca de mais estados e províncias (entidades subnacionais) que possam aderir o compromisso.

Durante a Exposição Universal das Nações Unidas (Expo 2015), realizada em Milão, na Itália, o Acre promoveu no Dia da Amazônia, 5, uma série de atividades, entre elas, um encontro onde os estados de Rondônia, Amazonas e Tocantins assinaram o documento junto a região italiana da Lombardia.

Confúcio Moura diz que depois da Carta de Rio Branco, Rondônia reafirma seu compromisso (Foto: Rose Farias/Secom)
Confúcio Moura diz que depois da Carta de Rio Branco, Rondônia reafirma seu compromisso (Foto: Rose Farias/Secom)

No ato de assinatura, o secretário das Relações Exteriores da Lombardia, Mário Montovani, parabenizou o Acre pelo protagonismo e por se apresentar em um evento como a Expo, Mantovani disse que esse tipo de atitude permite que o mundo conheça mais de uma região tão bela como a Amazônia e que todos devem ter compromisso com essa parte do planeta.

Montovani também falou do encanto em conhecer um pouco do que está acontecendo no estado e ficou surpreso com os resultados. O secretário das Relações Exteriores da Lombardia finalizou com a assinatura do documento e disse que sua região acredita nesse tipo de mobilização para que desafios sejam vencidos, pois juntos, os estados e países podem fazer a diferença.

O governador de Rondônia, Confúcio Moura, também assinou o documento acompanhado pela vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, assim como o secretário de Meio Ambiente do Amazonas, Ademir Stroski.

“Me surpreendi com o que encontrei na Expo, que reúne tantos países com a premissa básica de uma produção alimentar para o mundo todo e combate a fome e a produção de energia limpa. Isso mostra que nós, na Amazônia, estamos no rumo certo, pois é isso que temos buscado. Fico feliz em estar aqui, ao lado do governador Tião Viana, assinado esse importante documento que reforça o compromisso do meu estado em trabalhar para reduzir o desmatamento e gases poluentes”, declarou o governador Confúcio.

Claudia Lelis parabenizou o protagonismo do Acre durante evento (Foto: Rose Farias/Secom)
Claudia Lelis parabenizou o protagonismo do Acre durante evento (Foto: Rose Farias/Secom)

A vice-governadora de Tocantins comentou sobre a grande representatividade do governador Tião Viana e em nome do governador Marcelo Miranda, disse que a gestão do seu governo assina o MOU Under 2 com muita responsabilidade e o compromisso. “O governo do Tocantins se compromete em reduzir até 40% do desmatamento ilegal do bioma cerrado até 2018”, anunciou.

O secretário de Meio Ambiente do Amazonas, Ademir Stroski, representando o governador do de seu estado, José Melo de Oliveira. “Assim como assinamos a Carta de Rio Branco, agora assinamos ao MOU Under 2 reafirmando nosso compromisso com tais metas. Agradecemos muito ao Acre por estar proporcionando esse momento tão significativa e que reforça a união entre estados e países”, disse.

Pioneirismo acreano

O Acre é signatário e membro fundador do Mou Under 2, um documento que detalha e firma o compromisso de cada um de seus integrantes com o planeta. É um passo importante também para o acesso ao mercado de carbono.

O documento também deverá ser apresentado na COP 21, que será em dezembro, na França, como uma proposta concreta de união e resultados, com compromissos e metas.