BÁRBARA HELIODORA

Maternidade de Rio Branco registra primeiro nascimento no Dia das Mães

O Dia das Mães começou cheio de novidade para a dona de casa Ana Cristiana Freitas, de 34 anos. Ela deu à luz a pequena Alana Eloá Barbosa, primeira criança a nascer neste 8 de maio, na Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco.

Alana Eloá nasceu à 00:36 deste Dia das Mães, 8 de maio. Foto: Neto Lucena/Secom

Com 39 semanas e pouco mais de 3kg, Alana nasceu de parto normal. Segundo a mãe, a comemoração foi em dose dupla, pois a bebê também nasceu no dia do aniversário da avó. Ana Cristiana e o marido moram no bairro Santa Helena e a criança é a terceira filha do casal.

“Tive meu primeiro filho aos 19, o segundo aos 21 e 13 anos depois, com muita surpresa, chega a Alana. Ela com certeza é um presente de Deus para as nossas vidas. Graças a Ele, ela veio com saúde e o parto foi muito tranquilo. Tivemos um ótimo atendimento”, descreveu a mãe, que agora espera pela alta.

Ana Cristiana chegou ao hospital no sábado, 7, e ganhou Alana em um parto normal e tranquilo. Foto: Neto Lucena/Secom

Sobre a maternidade

Com capacidade para 142 pacientes, na última quinta-feira, 7, a Maternidade Bárbara Heliodora completou 67 anos de existência. Ao longo desses anos, a instituição se firmou como unidade de referência em atendimento às gestantes de alto risco no Acre, também no atendimento neonatal com o método canguru, e continua conquistando prêmios pelo trabalho de humanização. Além disso, ganhou reconhecimento nacional como Hospital Amigo da Criança por diversos anos seguidos.

A média da maternidade é de 15 a 20 partos diários, chegando a 250 ao mês. “Estamos sempre em busca de qualificação dos profissionais e melhorias no atendimento voltado à saúde da mulher, fortalecendo as práticas de humanização. Nesta semana promovemos uma programação especial em homenagem ao Dia das Mães e desejo a todas bons momentos de alegria, além de força e saúde para lidar com as responsabilidades que traze a missão”, disse Laura Pontes, gerente-geral do Sistema Assistencial da Saúde da Mulher e da Criança (Sasc) da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

A gestão da unidade preparou programação para as mães durante toda a semana. Foto:Neto Lucena /Secom