Jornalistas retornam ao Acre para acompanhar desenvolvimento sustentável

A dupla vai repetir o mesmo percurso da primeira vez (Foto: Angela Peres/Secom)
A dupla vai repetir o mesmo percurso da primeira vez (Foto: Angela Peres/Secom)

“Não imaginava que iria encontrar o estado tão desenvolvido.” A afirmação é do jornalista alemão Karl Ludolf-Hübener, que retorna ao Acre depois de 16 anos. Ele e o colega Jorge Martines vieram a primeira vez para conhecer esta parte da Amazônia, até então pouco comentada no noticiário internacional.

Nesta segunda-feira, 25, os jornalistas foram recebidos pela secretária de Estado de Comunicação, Andréa Zílio, que apresentou algumas das políticas públicas desenvolvidas pelo governo. A dupla vai repetir o mesmo percurso da outra vez: visita à terra do líder seringalista Chico Mendes, Xapuri, e retorno a Rio Branco para conhecer os novos programas sustentáveis acreanos.

Na quinta-feira, 28, eles seguem a Porto Velho (RO), de onde prosseguem de barco até Manaus (AM). Hübener mora na capital do Uruguai, Montevidéu, e é correspondente na América Latina da rádio WDR Deutschlandfunk. “Voltamos para conferir o que se passou no Acre nos últimos anos. Em pouco tempo, já podemos perceber que muita coisa mudou. A cidade está bem diferente”, disse o alemão.

Andréa Zílio observou a importância do retorno dos jornalistas anos após a primeira visita ao Acre, em 1999: “Agora, decorridos dezesseis anos, ele terão a oportunidade de constatar os bons caminhos, as boas práticas e as possibilidades de desenvolvimento, que conciliam conservação das riquezas naturais e bem-estar da nossa população. Verão um povo que mantém a sua floresta conservada, habitada e produtiva”.