Incra e Seaprof assinam cooperação para mecanização no Baixa Verde

A implementação do programa assegura desde a preparação do solo até o acompanhamento do plantio, a colheita e o armazenamento

incra_e_seaprffe.jpg
incra_e_seaprof2.jpg

O Termo de Cooperação Técnica para Implantação do Programa de Mecanização Agrícola, assinado nesta segunda-feira, 3, entre a Superintendência Regional do Incra no Acre e a Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Foto:Assessoria Incra)

O Termo de Cooperação Técnica para Implantação do Programa de Mecanização Agrícola, assinado nesta segunda-feira, 3, entre a Superintendência Regional do Incra no Acre e a Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) vai garantir um incentivo determinante no cultivo de 250 hectares de milho no Projeto de Desenvolvimento Sustentável Nova Baixa Verde em Senador Guiomard.

A assinatura do termo entre o superintendente João Thaumaturgo Neto e o secretário Lourival Marques foi prestigiada por assentados do Baixa Verde, presidentes de associações e líderes dos movimentos sociais que agradeceram o empenho dos dois órgãos na execução de parcerias que contribuam com o desenvolvimento do assentamento.

A implementação desse programa do governo do Estado, executado pela Seaprof vai assegurar desde a preparação do solo com a mecanização agrícola até o acompanhamento do plantio, a colheita e o armazenamento. O PDS conta ainda com a vantagem da localização, distante 25 quilômetros de Rio Branco, capital do Estado.

As ações vão beneficiar coletivamente as 211 famílias assentadas no PDS, cuja área produtiva é explorada de forma comunitária, inclusive com resultados positivos em cultivo de hortaliças, mandioca e derivados, milho e granja.

O superintendente João Thaumaturgo Neto destacou que o PDS Baixa Verde é um novo modelo de assentamento que prioriza a agricultura familiar focando na atividade produtiva de forma coletiva, com grandes promessas de sucesso graças a sua localização nos arredores dos centros urbanos.

“Contar com o apoio do governo do Estado e o comprometimento do secretário Lourival Marques é determinante para que essas famílias de fato concretizem seus sonhos de sustentabilidade e a gente execute de fato as ações da reforma agrária no Estado”, acrescentou.

“O governo do Estado garante a assistência técnica e o apoio desde o plantio até a colheita e armazenamento”, garantiu Lourival Marques acrescentando que o Programa de Mecanização Agrícola está sendo implantado em todo o Estado e os resultados são significativos para a agricultura familiar.

A trabalhadora rural Fátima Pedrosa Maciel agradeceu o empenho do secretário e disse que o PDS Nova Baixa Verde é um sonho e que ela não quer acordar, pois em outros tempos já enfrentou a lama por horas a pé e a cavalo pra chegar na cidade. Hoje a realidade é outra, estando assentada a margem da BR com energia elétrica, água e podendo tirar a sua produção pra comercializar na cidade a qualquer hora.