IFAC de Cruzeiro do Sul terá aula inaugural no dia 5 de julho

Instituto começa oferecendo dois cursos: Técnico em Agropecuário e Técnico em Controle Ambiental

No próximo dia 5 de julho será realizada a aula inaugural do recém-implantado Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC) – campus Cruzeiro do Sul, às 19h30, no Teatro dos Náuas. A instituição começa oferecendo dois cursos: Técnico em Agropecuária e Técnico em Controle Ambiental, cada um deles com 35 vagas. Provisoriamente, o IFAC vai funcionar nas dependências do Centro de Formação e Tecnologias da Floresta (Ceflora) que é unidade descentralizada pertencente à estrutura do Instituto Dom Moacir. Na aula inaugural também haverá a apresentação oficial dos professores que passaram no concurso público e ingressaram na instituição, num total de 21, por enquanto.

Segundo o professor e diretor-geral do campus do IFAC em Cruzeiro do Sul, Néri Jorge Golynski, a sede definitiva está em construção na Estrada Velha do Aeroporto, em terreno de 57 hectares e deverá estar pronta em um ano. Quando estiver em funcionamento pleno, o Instituto deverá atender 1.200 alunos e ter um corpo docente formado por 60 professores, podendo oferecer novos cursos técnicos e superiores.

Discutido com a comunidade

Explica o professor Néri que a lei que criou os institutos federais determina que sejam ofertados cursos condizentes com as necessidades e realidade da região, daí a importância de discutir com a sociedade local,quais as necessidades; há cerca de um ano foi realizada audiência pública e futuramente será realizada outra.

Segundo professor Néri, todos os caminhos apontam a necessidade de cursos nas áreas de agropecuária, agroecologia, alimentos e licenciaturas em matemática, química e física, devido à falta de docentes nas áreas em questão. Ele aponta, no entanto, que também há possibilidades de cursos nas áreas de turismo ecológico e informática. "Antes de decidir faremos discussões para ofertar cursos que venham a somar na região, para que possamos ter cada vez mais o desenvolvimento sustentável", disse.

O IFAC começa oferecendo um curso na área ambiental. Segundo o professor Néri a sustentabilidade do planeta depende da condução correta de todas nossas atividades e por isso a área ambiental está sendo inserida em todos os cursos. Assim, a agropecuária tem que estar entrelaçada com o respeito às condições ambientais. O professor considera importante, além da produção de alimentos, o aprimoramento dos sistemas locais de transformação, de industrialização e para isso o instituto vai oferecer no ano que vem curso técnico na área de alimentos e, mais adiante, curso superior na área. No próximo ano, segundo informou, será ofertado curso superior e técnico na área de agropecuária.

Rede Federal

Os 38 institutos existentes no Brasil formam uma rede federal de educação técnica e tecnológica, de maneira que existe interação entre todos, o que facilita a troca de experiências. No Acre, a direção geral fica em Rio Branco e existem três campi: o de Rio Branco, o de Cruzeiro do Sul e o de Sena Madureira, além de um núcleo avançado em Xapuri.