Hospital das Clínicas realiza mutirão de cirurgias urológicas

“Vou voltar a fazer as coisas que a doença me impedia de fazer” Roberto Aguiar (Foto: Junior Aguiar/Sesacre)
“Vou voltar a fazer as coisas que a doença me impedia de fazer”, diz Roberto Aguiar (Foto: Junior Aguiar/Sesacre)

Para agilizar as demandas de procedimentos urológicos e reduzir o tempo de espera dos pacientes que precisam de atendimento nessa especialidade, o Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco realiza desde a última segunda-feira, 26, um mutirão de cirurgias, no centro cirúrgico da unidade.

Até o encerramento do mutirão, previsto para o próximo sábado, 31, deverão ser atendidos 40 pacientes que aguardam por cirurgias desse tipo. O médico urologista Alexandre Bull, de São Paulo, coordena as operações.

“Estamos realizando procedimentos urológicos de pequeno e grande portes, mas a maior parte dos casos é de próstata”, explicou Bull.

Outros dois mutirões foram realizados entre os meses de junho e agosto deste ano. “Com esse terceiro mutirão, chegamos à marca de 130 pacientes atendidos”, disse o médico.

De acordo com a superintendente do HC, Juliana Quinteiro, as cirurgias são feitas dentro do projeto Sonda Zero, que visa eliminar o uso de sonda pelos pacientes.

A vinda de médicos de outros estados tem como objetivo ampliar os serviços realizados pelo quadro profissional do Acre, para diminuir o tempo de espera pelos procedimentos.

O aposentado Roberto Aguiar, 61 anos, passou pela cirurgia na tarde desta quarta-feira, 28, para retirada de pedras nos rins. “A expectativa é muito grande para a realização dessa cirurgia, para que eu possa voltar a fazer as coisas que eu não podia mais fazer, devido ao problema de pedra nos rins, que é um grande incômodo”, disse.