handebol

Handebol feminino estreia nos jogos escolares

No primeiro jogo de handebol feminino dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs), competição que está sendo realizada no parque olímpico da cidade do Rio de Janeiro, as meninas da Escola Jader Saraiva Machado, de Porto Acre, não conseguiram superar a equipe do Colégio Salomé Matos, do Ceará.

Com isso, a equipe acreana acabou sendo derrotada pelo placar de 19 a 11. Em uma partida bastante movimentada e disputada, mas com um time mais baixo, as acreanas esbarravam no forte bloqueio das cearenses. Alguns ajustes para a próxima partida contra o Rio de Grande do Norte devem ser feitos pelo professor Cleudo Fernandes, técnico do handebol feminino.

Equipe acreana jogou bem, mas não conseguiu superar o time do Ceará. Foto: Stalin Melo

Segundo ele, alguns objetivos da equipe da Vila do V já foram alcançados, como ser campeãs das etapas municipal e estadual dos jogos escolares de 2022. Isso é um feito, na sua avaliação, na medida em que as atletas nunca tinham jogado handebol antes e estão juntas há apenas 10 meses.

“Infelizmente não conseguimos a vitória, mas estou satisfeito com o desempenho das meninas, já que o nosso principal objetivo era vencer as etapas municipal e estadual e vencemos. Agora, queremos evoluir dentro da etapa nacional”, afirmou o técnico da equipe feminina.

Professor Cleudo vai fazer pequenos ajustes para o próximo jogo. Foto: Stalin Melo

O professor Cleudo reconhece a superioridade da equipe adversária, principalmente porque elas já estão juntas desde o ano passado, já participaram dos jogos escolares e, por isso mesmo, eram mais experientes na competição do que a equipe da Jader Saraiva.

“Geralmente o primeiro jogo é mais difícil, tem a parte emocional,. Elas não conseguiram jogar o seu melhor handebol, mas eu vou conversar com elas, acalmá-las para o próximo jogo, para que possamos evoluir dentro da competição”, destacou.

Para o próximo jogo, aliás, ele não pretende fazer muitas mudanças, apenas alguns detalhes nas pontas e algumas trocas de jogadoras no decorrer dos jogos. “Mas em princípio, essas meninas que jogaram hoje contra o Ceará são as nossas titulares”, fez questão de dizer.