Orçamento Geral da União

Governo reivindica R$ 146 milhões para recuperação e manutenção da BR-364

O governador Gladson Cameli está pedindo a suplementação de recursos no Orçamento Geral da União (OGU) de 2023 para a recuperação e manutenção da BR-364. Atualmente, estão previstos no orçamento federal pouco mais de R$ 76 milhões para esses serviços na rodovia, valor considerado muito baixo pelo governo, que está pedindo mais R$ 70 milhões, elevando o valor global para mais de R$ 146 milhões.

Um ofício do governador com este objetivo foi entregue, nesta quarta-feira, 23, pelo chefe da Representação do Governo do Acre em Brasília (Repac), Ricardo França, para o relator-geral do Orçamento, senador Marcelo Castro, que se dispôs a ajudar na solução do problema, em reunião marcada, com a participação do deputado e senador eleito Alan Rick.

Da esquerda para a direita, representante do Acre, Ricardo França, deputado e senador eleito Alan Rick e relator-geral do OGU 2023, senador Marcelo Castro. Foto: Dilma Tavares/Repac

No documento, o governador explica que “a BR-364 é a principal via de interligação terrestre do Acre”, que ela corta o estado e que os recursos são essenciais “para garantir minimamente as ações de recuperação e conservação” da BR. O representante do governo em Brasília lembrou, inclusive, de alertas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), sobre a possível e iminente possibilidade de interrupção de tráfego da rodovia.

“Essa rodovia precisa desses recursos para garantir trafegabilidade com qualidade para a população”, explicou França. O pedido do governo foi reforçado pelo deputado Alan Rick. “A situação da 364 é preocupante e, em virtude disso, estamos aqui para pedir o apoio a fim de incrementar os recursos que precisam para a continuidade das obras de melhoria da BR e evitar o fechamento da estrada”, afirmou.

Apoio

O relator-geral do OGU 2023, senador Marcelo Castro, garantiu empenho para ajudar o Acre. “Evidente que todos nós temos que unir esforços para que a nossa BR possa ter boas condições de trafegabilidade”, disse, ressaltando a importância de conservação dos bens públicos, como as rodovias no Acre e em todo o país.

Outros recursos

O governo também entregou ao relator um pedido de suplementação de recursos para a construção do contorno rodoviário do município de Brasileia, na BR-317. O valor atual previsto no OGU 2023 para isso é de pouco mais de R$ 6 milhões, e o governo está pedindo 23 milhões, totalizando R$ 29 milhões.

Também foram solicitados R$ 10 milhões para obras de prolongamento da ponte sobre o Rio Tarauacá, na BR-364 e R$ 5 milhões para estudos, projetos e planejamento de infraestrutura de transportes.