certame

Governo realiza processo seletivo para cadastro de reserva da Educação

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Educação Cultura e Esportes (SEE), retoma o cronograma previsto dos processos seletivos simplificados da Educação: Aprender é o Caminho, Educação do Campo, Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e do ensino regular.

As provas objetivas serão realizadas no domingo, 6, de forma presencial, seguindo todas as normas de segurança. As vagas são para cadastro de reserva com o objetivo de atender necessidades nos 22 municípios acreanos.

Os candidatos inscritos nos cinco processos seletivos podem acompanhar o cronograma do certame no site do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), www.ibade.org.br e verificar o status da inscrição com o número do CPF e consultar o local e horário da prova.

As provas objetivas serão realizadas no domingo, 6, informa a diretora de Ensino Denise dos Santos Foto: Arquivo Ascom/SEE

Esses processos estavam em andamento e previstos para ocorrer no mês de março, mas foram suspensos devido à pandemia do novo coronavírus, sendo retomado no mês de novembro.

“Para nós é de suma importância a realização desses processos seletivos, pois ainda temos a necessidade de professores na rede, inclusive para a Educação no Campo, Ensino Especial, EJA e ensino regular, principalmente nos municípios. Quanto ao programa Aprender é o Caminho iremos ampliar a oferta no estado”, concluiu a diretora de Ensino, Denise dos Santos.

O Programa Aprender é o Caminho é um programa de correção e distorção de idade e série, implementado na rede em 2020 para os alunos do ensino fundamental anos finais.

Os candidatos precisam verificar o status da inscrição com o número do CPF e consultar o local e horário da prova Foto: Arquivo Ascom/SEE

Para a Educação Especial estão sendo oferecidas vagas para: assistente educacional, professor mediador, professor de atendimento educacional especializado (AEE) e intérprete em libras e braile, para atender as especificidades da Educação Especial.

A previsão é de que, em janeiro, os profissionais sejam convocados e passarão por uma formação pedagógica antes do início das aulas presenciais.