mutirão

Governo realiza mutirão de cirurgias pediátricas neste sábado

Mais um mutirão de cirurgias foi realizado na manhã deste sábado, 16, na Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre). Dessa vez, esteve voltado para procedimentos em pediatria, no qual 16 crianças, entre 3 e 9 anos de idade, passaram pelo centro cirúrgico da unidade hospitalar.

Crianças de 3 a 9 anos de idade passaram pelo centro cirúrgico da unidade hospitalar, neste sábado. Foto: Wagner Oliveira

“Essa é mais uma ação de saúde que realizamos aqui no hospital. Estamos retomando os mutirões do Estado em várias especialidades, hoje tivemos o de pediatria. Esse é um compromisso  do nosso governador Gladson Cameli em levar a saúde pública a toda sociedade”, destacou o presidente da Fundhacre, João Paulo Silva.

Equipe da Fundhacre entregou uma lembrança como gesto de carinho para cada criança. Foto: Wagner Oliveira

Toda execução é uma ação conjunta do Governo do Acre, juntamente com a Fundhacre e Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre). Foram realizados os procedimentos de hernioplastia inguinal, umbilical e epigástrica além de frenectomia e postectomia.

Foram realizados os procedimentos de hernioplastia inguinal, umbilical e epigástrica além de frenectomia e postectomia. Foto: Wagner Oliveira

Para a mãe Raissa Cristina de Souza, juntamente com o marido Anderson Oliveira, o momento é de muita emoção em ver a filha realizar a cirurgia de frenectomia.

“São três anos de espera. Quando me ligaram eu até chorei de tanta emoção e alegria, a gente que é mãe sente muito quando se trata dos filhos”, disse Raissa Cristina, que é mãe da Helena Cristina de Souza, de 3 anos.

Mãe Raissa Cristina com a Helena Cristina e o esposo. Foto: Wagner Oliveira

Maycon Douglas Batista da Silva tem sete anos de idade, aguarda há quatro anos para realizar uma cirurgia em hernioplastia.

“Essa é a segunda vez que meu filho passa por esse procedimento, estávamos quatro anos na espera. Estou muito me feliz quero agradecer a todos pelo empenho nesse mutirão, onde fui muito bem recepcionada por toda equipe”, afirmou a mãe Francisca Tamires Batista da Silva, ao lado marido José Marcos da Silva.

“Essa é a segunda vez que meu filho passa por esse procedimento, estávamos há quatro anos na espera”, afirma a mãe Francisca Silva. Foto: Wagner Oliveira