Governo inicia mecanização no Projeto de Assentamento Sustentável Triunfo

Famílias oriundas da Bolívia e assentadas no PDS Triunfo são beneficiadas com mecanização de dois hectares para subsidiar a segurança alimentar

reunio_pds_triunfo1.jpg
 

reunio_pds_triunfo2.jpg

“Cada família vai ser beneficiada com dois hectares de área mecanizada”, anunciou o secretário Lourival Marques (Assessoria Seaprof)

O secretário de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Lourival Marques e o superintendente do Instituto Nacional e Colonização e Reforma Agrária (Incra), João Thaumaturgo Neto, reuniram as famílias oriundas da Bolívia e assentadas no PDS Triunfo, localizado na rodovia AC 10, quilômetro 70. A reunião também contou com a participação do deputado estadual, Eber Machado e dirigentes de associações de produtores rurais. No total serão mecanizados 200 hectares.

"Cada família vai ser beneficiada com dois hectares de área mecanizada", anunciou o secretário Lourival Marques, assegurando que através de um trabalho de cooperação técnica entre o Incra e o Governo do Estado essas famílias vão receber desde preparação do solo até a assistência técnica para o plantio.

Já o superintendente do Incra, Thaumaturgo Neto, anunciou que essas famílias também serão beneficiadas com R$ 4 mil para adquirir insumos. "São R$ 360 mil investidos para subsidiar a segurança alimentar por meio da aplicação do crédito instalação para fomento das atividades agrícolas.

As máquinas chegam ao PDS Triunfo nesta quarta-feira, 19. Na ação o governo do Estado vai garantir além dos tratores ainda 50% do combustível a ser utilizado na atividade. "Também estamos garantindo a cada família mudas de seringueira", disse Lourival Marques explicando que faz parte do Termo de Cooperação Técnica assinado com o Incra a inclusão dessas famílias no Programa Florestas Plantadas objetivando conciliar a recuperação florestal dos lotes com produção de não madeireiros.

As famílias também estão sendo assessoradas para implementar projetos para acesso ao crédito através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) que financia projetos individuais ou coletivos, que gerem renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária.