Saúde no interior

Governo entrega novos equipamentos para o Hospital Regional do Alto Acre

Unidade de nefrologia será implantada até o fim do primeiro semestre

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, entregou na última sexta-feira, 22, novos equipamentos para o Hospital Regional do Alto Acre, em Brasileia. São cadeiras de rodas, macas, carrinhos para transporte de detritos, armários, dentre outros materiais que beneficiarão pacientes e profissionais da unidade.

“Este hospital é o modelo que queremos implantar durante a nossa gestão. Vamos regionalizar e equipar nossos principais hospitais e acabar com o TFD (Tratamento Fora de Domicílio). Para se ter uma ideia, o transporte de avião de um paciente de Cruzeiro do Sul para Rio Branco custa R$ 15 mil, com a regionalização isso não será mais preciso”, enfatizou o governador.

Alyson Bestene, secretário de Estado de Saúde, comemorou os avanços alcançados e afirmou que o próximo desafio é a construção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional do Alto Acre.

Governador Gladson Cameli visita pacientes nos hospitais dos municípios do Vale do Alto Acre; preocupação com a saúde da população interiorana (Foto: Odair Leal/Secom)

“Temos aqui uma excelente estrutura, mas que a sua capacidade não está sendo utilizada completamente. Queremos equipar a unidade, buscar os recursos para construir a UTI e trazer os profissionais médicos para que as cirurgias sejam realizadas aqui e que, de fato, o hospital seja uma referência para essa região”, ressaltou.

Ainda de acordo com o gestor da Saúde, até o fim do primeiro semestre deste ano, o Hospital Regional do Alto Acre contará com sua própria unidade de nefrologia. Com isso, pacientes não precisarão vir a Rio Branco para o tratamento de doenças e realização de hemodiálise.

O secretário de Estado de Infraestrutura, Thiago Caetano, informou que a construção do maior hospital público do interior do Estado devem ser concluída nos próximos dois meses e que a entrega da unidade hospitalar faz parte do pacote de obras inacabadas deixadas pela gestão passada.

“Esta é mais uma obra que o governador Gladson Cameli pediu celeridade. Já estamos com mais de 90% das obras terminadas, nosso foco é terminar algumas alas, a cozinha e acabamos de receber a informação da Energisa que até o dia 10 de abril teremos disponível uma rede elétrica exclusiva para que possamos ligar todos os equipamentos sem que a vizinhança não fique sem energia”, afirmou.

Governador Gladson Cameli em visita a hospital na fronteira; governo entrega novos equipamentos (Foto: Odair Leal/Secom)