Governo e prefeitura executam plano de contingência em Rio Branco

Pref. Vistoria areas alagada 6 de Agosto (1)
Bairro Seis de Agosto já tem áreas atingidas pelas águas do Rio Acre (Foto: Asscom PMRB)

Em decorrência de fortes chuvas, o nível Rio Acre continua subindo e ultrapassou a cota de transbordamento neste domingo, 22. Segundo medição das 18 horas, realizada pela Defesa Civil de Rio Branco, o nível de profundidade das águas marca 14,21m. A estimativa é que até segunda-feira, 23, o rio chegue a 14,60m.

Para minimizar os danos sofridos pela população, a prefeitura de Rio Branco, em parceria com o governo do Estado, executa o Plano de Contingência para Enchentes, idealizado em dezembro do ano passado. Um abrigo público foi montado no parque de exposições Marechal Castelo Branco, com capacidade para abrigar 160 famílias.

Até o momento, apenas duas famílias foram removidas de áreas de risco e levadas para casa de parentes. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMSUR) atua com 40 homens e mulheres no parque de exposições, que conta com um escritório da Defesa Civil.

“O governador Tião Viana disponibilizou toda a estrutura para a prefeitura. O que nós estamos orientando às famílias atingidas, ou àquelas que sejam surpreendidas nesta noite, é que liguem para o Corpo de Bombeiros, onde será destacada uma equipe para prestar toda assistência”, enfatizou o prefeito Marcus Alexandre.

A assistência às vítimas da cheia está sendo realizada por equipes compostas pelos órgãos municipais e estaduais responsáveis pelo monitoramento das águas.  Em caso de necessidade de remoção de área alagadas, o cidadão deve ligar para 193 do Corpo de Bombeiros que tem equipes qualificadas para remoção com segurança.