planejamento

Governo discute medidas de segurança para pessoas e animais na Cavalgada

Para definir o trajeto e discutir medidas de segurança para pessoas e animais durante a realização da Cavalgada da Expoacre 2022, a Secretaria de Empreendedorismo e Turismo do Acre (Seet), responsável por coordenar o evento, reuniu-se com órgãos da administração pública, nesta quarta-feira, 1º, em Rio Branco.

Órgãos estaduais e municipais estiveram reunidos para traçar estratégias para a realização da Cavalgada. Foto: Alice Leão/Seet

Estiveram representados a Secretaria de Segurança Pública (Sejusp), o Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC), o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), o Departamento Municipal de Transporte de Rio Branco (RBTrans) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Cavalgada abre a Expoacre, e nesta edição o evento será realizado no dia 30 de julho, sábado. Haverá comitivas, carretas, quadriciclos e animais.

“A Cavalgada já é tradicional na Expoacre, e para que aconteça de maneira organizada e segura, é necessário que todos esses órgãos da administração pública se façam presentes”, reforça a diretora técnica da Seet, Taiane Belarmino.

A cavalgada abre a maior feira agropecuária do estado. Foto: Alice Leão/Seet

O presidente do Idaf, José Francisco Thum, explicou que a entidade que representa “é importante no cuidado com os animais que vão participar. Há uma preocupação grande com a integridade física deles e as medidas adotadas são para evitar maus tratos”. 

Para garantir um evento tranquilo, a Segurança Pública também adota um procedimento. “Em todas as edições da feira, as polícias participam e elaboram as melhores estratégias para evitar situações violentas e outros problemas”, garantiu Carlos Maicon Veiga, representante da Sejusp.