Governo celebra convênio de apoio à Casa Ester em Cruzeiro do Sul

lar_ester_20_02_14_SV (4)
Tião Viana e César Messias assinaram o convênio que fortalece o trabalho da Casa Ester (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Em intensa agenda pelo Juruá, o governador Tião Viana se dirigiu, no raiar desta sexta-feira, 21, para a Casa de Acolhimento Ester de Melo Cameli, em Cruzeiro do Sul, para um café da manhã especial e a celebração de um convênio de apoio à instituição, em parceria com a Fundação Betel. A instituição, responsável por cuidar de crianças em situações de risco, passa a receber R$ 16 mil do governo estadual durante um ano para suas despesas.

Com dez anos de fundação, a Casa Ester realiza o atendimento de alta complexidade de crianças de 0 a 12 anos em situação de extremo risco social e pessoal, a partir do encaminhamento feito pelos órgãos responsáveis. Promove a proteção integral dessas crianças e a reintegração familiar delas, principalmente por meio da adoção. Ao todo, cerca de 330 crianças já passaram pelo lar.

“O resultado é isso aqui, que enche o coração de qualquer um de alegria, dessas vidas sendo transformadas imensamente. Quando o César Messias me mostrou isto, eu me emocionei de cara. Aqui trabalham pessoas que têm visão de família e amor ao próximo, que fazem a instituição funcionar”, disse o governador Tião Viana, que, desde senador, destinou emendas para o lugar.

A coordenadora da Casa Ester, Amilca Santos, ressaltou que o trabalho não é nada fácil e extremamente delicado, mas com parcerias e dedicação, os resultados têm sido surpreendentes. “Nós temos esse trabalho que fazemos exatamente há uma década. É uma missão que exige amor, carinho e muita competência”, conta.

Fundador da casa quando ainda era prefeito de Cruzeiro do Sul, o vice-governador César Messias estava emocionado. “Na época da fundação, eu cheguei pro pastor Carlos e disse: ‘Pastor, nós vamos criar essa casa de apoio às crianças e eu queria que o senhor administrasse, porque precisamos de amor e tem muito amor na sua igreja’. Aprovamos a lei e agora estamos aqui, dez anos depois, vendo ideias como essa dando certo e trazendo ainda mais recursos”.

Também à frente da administração da Casa Ester, o pastor Carlos Santos ressalta a importância de tirar crianças de um mundo marginalizado. “Eu quero agradecer essas parcerias e dizer que queremos celebrar outras, pois com o apoio do Executivo somos capazes de ir ainda mais longe”, disse.