Valorização

Governador participa de homenagem a mulheres promovida pela Polícia Militar do Acre

Para demostrar o respeito e a valorização às mulheres, a Polícia Militar do Estado do Acre realizou na noite deste domingo, 8, Dia Internacional da Mulher, um espetáculo musical com repertório voltado para o público feminino.

O governador Gladson Cameli, junto com a primeira-dama, Ana Paula Cameli, assistiram a todo o espetáculo proporcionado pela banda de música da PMAC que, apresentando vários ritmos, embalou e encantou a todos os presentes no evento realizado na Praça da Revolução.

Banda da PMAC fez uma apresentação na Praça da Revolução  Foto: Diego Gurgel/Secom

“Vocês, mulheres, não sabem o poder que vocês têm. Vocês que fazem as coisas caminharem. Que Deus abençoe a cada uma de vocês e parabéns a todas as mulheres. É assim, em uma comemoração como esta que podemos, de alguma forma, passar o sentimento do que queremos para o nosso estado e para o nosso amanhã, e que possamos ter muitas realizações para melhorar a vida das pessoas”, destacou Gladson Cameli.

“Governador, muito obrigado por estar prestigiando o nosso evento. Quero parabenizar a todas as mulheres, pois cada uma de vocês são importantes para a nossa sociedade e destaco toda nossa admiração por vocês”, ressaltou o comandante da Polícia Militar, Coronel Ulysses Araújo, que além de prestar homenagem às mulheres, ainda cantou algumas canções.

 

Uma das estrelas da noite foi a sargento, Alda Radini, que emocionou a todos cantando a música “Maria” de Milton Nascimento, que retrata a força da mulher. Em 2002, ela entrou para e Polícia Militar do Acre e, com seus 18 anos de militarismo, ela relata sua experiência e valorização junto à corporação.

Governador Gladson Cameli, acompanhado da primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, homenageou todas as mulheres presentes Foto: Diego Gurgel

“Não é fácil pois o corpo da mulher é diferente do homem, mas é muito recompensador se colocar à prova e saber que dentro do militarismo a gente tem o mesmo respeito que um homem sendo comandante. Hoje eu sou sargento da polícia militar e sou comandante de radiopatrulhas, comandando vários homens e eles respeitam da mesma forma, independente de ser homem ou mulher”, enfatiza a sargento Alda.

Todos que estavam na praça se aproximaram para assistir a belíssima apresentação. Já alguns, como a dona Kátia da Silva, 50 anos, vieram especialmente para ver a apresentação. Ela conta que, após saber do evento por meio das redes sociais, saiu do bairro Apolônio Sales com suas três filhas para assistir ao espetáculo.

“Fiquei sabendo pelo Facebook que teria a apresentação, é a primeira vez que assisto eles tocando, vim com minhas filhas e estou gostando muito das músicas e o espaço também ficou bem organizado”, contou Kátia Silva.

Nós que lutemos

A Polícia Militar do Estado Acre, como forma de reconhecer o valor das mulheres acreanas, promove a semana “ Nós que lutemos”, com uma programação voltada para o público feminino a fim de valorizar e empoderar todas essas guerreiras que sempre buscaram romper barreiras e padrões numa luta constante por reconhecimento, e que conquistam diariamente os espaços que ocupam com brilhantismo e competência. Comemorar o Dia Internacional da Mulher vai além de mandar flores, a ideia é conservar reafirmar e promover conquistas e direitos.