Uma nova chance

Governador entrega salas de aula no Centro Educativo Santa Juliana

O governador Gladson Cameli foi até ao Centro Educativo Santa Juliana, anexo da Escola Darquinho, na tarde desta segunda-feira, 1º de julho, para entregar cinco novas salas de aula, possibilitando com que todos os internos, a partir de agora, possam estudar enquanto estiverem em recuperação.

A solenidade de entrega das salas foi acompanhada também pelos secretários Mauro Sérgio Ferreira da Cruz (Educação) e Paulo César Santos (Segurança), a titular da Vara de Infância e Juventude do TJ, juíza Rogéria Epaminondas, do representante do Ministério Público (MPE), promotor Ubirajara Albuquerque e o diretor do Instituto Sócio-Educativo (ISE), Rogério Oliveira.

Os internos, a partir de agora, poderão estudar enquanto estiverem em recuperação Fotos: Marcos Vicentti/Secom

As cinco salas entregues somam-se a outras cinco que já são utilizadas pelo Instituto Socioeducativo em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), o que possibilitará aumentar o atendimento dos atuais 47 recuperandos para 131 menores somente no anexo.

O Santa Juliana é um dos quatro anexos da Escola Darquinho. Além dele fazem parte também os Centros Socioeducativos Acre e Aquiri (localizados no bairro Apolônio Sales) e Mocinha Magalhães, este para meninas em recuperação localizado no bairro Floresta, no início da estrada do Calafate.

Até a primeira semana de junho, como explica a diretora do Centro Sócio-Educativo Santa Juliana, professora Fabiana Brito, eram atendidos 289 alunos nos quatro anexos.

No Centro, a partir de uma determinação do Conselho Estadual de Educação (CEE), há uma metodologia de ensino diferenciada, próxima ao ensino regular. Isso porque, como explica a diretora, para que os meninos, ao término de suas penas, consigam retornar à escola.

Das 20 turmas que funcionarão (10 pela manhã e 10 à tarde), seis delas serão exclusivamente para os meninos que estão no Centro em caráter provisório, que ainda não foram sentenciados, onde além das aulas também realizarão diversas oficinas.

A partir dessa determinação, o EJA ofertará turmas desde o primeiro ano do ensino fundamental I até o terceiro ano do ensino médio. A professora Fabiana Brito explica que o fundamental é feito em etapas e o médio por ano escolar.

Vencendo os desafios

Ao comemorar a entrega das novas salas, o governador Gladson Cameli fez questão de destacar que a gestão, o esforço e a união de todos, estão vencendo os desafios. “Diálogo e comunicação são as chaves do sucesso da nossa gestão”, fez questão de dizer.

O secretário Mauro Sérgio Cruz (SEE) enfatizou a necessidade que os assessores têm em trabalhar em parceria, seguindo uma determinação do governador Gladson Cameli. “O que estamos entregando hoje é um fruto de um trabalho integrado que iniciamos no início do ano com o ISE”, destacou.

Ele também ressaltou que além das salas, o Instituto de Educação Profissional e Tecnológica (Iepetec), irá ofertar cursos profissionalizantes para que os jovens possam adquirir uma profissão e se inserir no mercado de trabalho.

O secretário Paulo César Araújo (Segurança)destacou o trabalho que o governo do Estado vem realizando, reduzindo sensivelmente os números da violência. “Para se ter uma ideia do esforço realizado, reduzimos os índices em 30,95% no primeiro semestre comparado ao primeiro semestre do ano passado”, explicou.

O diretor do ISE, Rogério Oliveira, foi um dos que mais comemorou a entrega das novas salas. “É um sonho realizado e esse crédito vai para o governador Gladson Cameli porque um dos problemas que tínhamos aqui era exatamente esse ligado à educação”, frisou.