Governador entrega 20 veículos e mais de 170 equipamentos para a segurança

São 20 novas viaturas e mais de 170 equipamentos para reforçar a segurança (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
São 20 novas viaturas e mais de 170 equipamentos para reforçar a segurança (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

As polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros do Acre receberam nesta terça-feira, 27, vinte novas viaturas e mais de 170 equipamentos para reforçar a prestação de serviços de segurança pública. A entrega foi feita pelo governador Tião Viana durante solenidade realizada em frente ao quartel da Polícia Militar (PMAC).

“Hoje nós estamos anunciando mais 215 policiais militares convocados como novos agentes que estarão nas ações de rua, perto da população.”

Governador Tião Viana

Os equipamentos e veículos, que somam investimento aproximado de R$ 1,5 milhão, foram adquiridos por meio de recursos da Estratégia Nacional de Segurança nas Fronteiras (Enafron), projeto criado na gestão da presidente Dilma Rousseff para fortalecer e integrar o policiamento e a proteção nas fronteiras brasileiras.

“O fortalecimento do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Polícia Civil faz parte da ação ostensiva, e hoje nós estamos anunciando mais 215 policiais militares convocados como novos agentes, que estarão nas ações de rua, perto da população. Graças a Deus, houve queda de 26% no número de assaltos e reduzimos de 21 homicídios, no mês passado, para sete este mês. Isso demonstra o esforço da ação integrada contra o crime e o tráfico de drogas, que vamos vencer”, comentou Tião Viana.

Reforço

No ato foram entregues sete camionetes de combate a incêndio para o Corpo de Bombeiros, 12 veículos para Polícia Militar, uma van para o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), duas motosserras (usadas para abrir espaço para pouso do helicóptero em caso de emergência), 168 coletes balísticos e material de perícia técnica (lanterna police – lanterna de longo alcance, trena laser – trena digital, que facilita e oferece maior precisão às medições da perícia -, conjunto digital – equipamento utilizado em ambientes de crime, com uma luz mais potente e maior extensão de claridade -, luz forense – permite o rastreamento de material não visto a olho nu – e espectrometria em infravermelho – permite a análise qualitativa e quantitativa de entorpecentes e outros materiais químicos encontrados na cena do crime).

Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel José Alberto Flores, os investimentos permitem o fortalecimento da corporação e do comando. “Vamos ter mais reforço na atuação de combate aos incêndios florestais. Agora estamos no início da estiagem. É nessa época que surgem os focos de incêndios florestais. As viaturas vão nos ajudar a diminuir os focos de calor”, completou.

O secretário de Segurança Pública, Reni Graebner, ressaltou que os materiais que foram entregues para a perícia técnica a qualificam porque facilitam na preservação dos locais dos crimes e auxiliam na identificação dos vestígios e coletas de provas contra a criminalidade. “Dessa forma, o Poder Judiciário terá mais segurança para aplicar a lei”, frisou Graebner.

o que disseram (PM equipamentos 2)