saúde

Gladson Cameli vistoria reinício das obras de ampliação do Pronto-Socorro de Rio Branco

Reconhecendo o solo e conversando com os arquitetos e engenheiros responsáveis pelo projeto das obras do Pronto-Socorro de Rio Branco, na manhã desta terça-feira, 17, o governador Gladson Cameli vistoriou com equipes da Secretaria de Estado da Infraestrutura, da Saúde do Estado e Procuradoria-Geral do Estado, a estrutura das novas instalações de enfermarias e, também, a reforma que está sendo realizada no centro cirúrgico da unidade.

Governador analisa solo em que será feita a fundação para erguer a estrutura que receberá os leitos de enfermaria Foto: Diego Gurgel/Secom

Além de percorrer os corredores e cumprimentar funcionários e pacientes, Gladson ouvia atentamente as explicações feitas pelo secretário da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Desenvolvimento (Seinfra), Ítalo Medeiros, sobre cada detalhe das obras como a fundação, que é o trabalho com o solo para dar sustentação à toda a estrutura.

“É um trabalho em conjunto em que estamos melhorando as instalações do centro cirúrgico e dando seguimento à segunda etapa das obras de ampliação do PS. Agradeço a todas as equipes e juntos vamos vencendo os desafios que aparecerem”, destacou o governador Gladson Cameli.

Estrutura que será erguida para a abertura de 116 leitos de enfermarias. Foto: Diego Gurgel/Secom

Em ritmo acelerado, depois de um pequeno atraso devido às características do solo da região amazônica, o secretário de Infraestrutura, Ítalo Medeiros, explica que a meta é a conclusão da obra o mais rápido possível, garantindo mais espaço e melhor atendimento aos acreanos.

“Nosso solo tem uma característica bem peculiar. O prédio do lado tem um solo e esse [das enfermarias] tem outro tipo, por isso iremos colocar três sacas de cimento em cada 1 metro de distância que dará a sustentação necessária para a estrutura”, explicou Ítalo Medeiros.

Com a conclusão das obras o Pronto-Socorro terá mais 116 leitos de clínica médica e 8 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), explica o diretor-geral da unidade, Areski Peniche.

“Temos conseguido avançar bastante no pacote de obras que temos, graças ao apoio do governador, da equipe da Seinfra e da Saúde. Hoje nós dispomos de 20 leitos de UTI. Passaremos a ter 28 leitos”, explicou Areski Peniche.