Valorização

Gladson agradece à Polícia Militar pelo reforço de combate ao crime na semana da Expoacre

Na semana da maior feira de agronegócios, batalhões da corporação trabalharam com escala reduzida para oferecer sensação de segurança à população

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, rendeu homenagens aos policiais militares pelo serviço de combate ao crime e de preservação da ordem em todo o estado, e também no período da Expoacre, a maior feira de agronegócios do estado e que terminou neste domingo, 4.

Gladson Cameli disse que o sentimento é de gratidão pelo que os militares proporcionaram às pessoas que estiveram na edição deste ano da Expoacre Foto: Diego Gurgel

Na ocasião, Cameli fez uma deferência especial ao sargento Frederick Marinho, seriamente atingido a golpe de facão no braço esquerdo, quando numa ação contra criminosos no bairro Belo Jardim.

“Eu quero agradecer a cada homem e a cada mulher da Polícia Militar, que fazem e que muito fizeram por nossa sociedade. Pessoas como o Frederick, que honram a sua farda é o maior exemplo de bravura, de coragem e honradez que chegou ao meu conhecimento, nestes oito meses de mandato”, ressaltou Cameli diante de oficiais militares, praças e 226 alunos do curso de formação de soldados.

Segundo Gladson Cameli, o sentimento é de gratidão pelo que os militares proporcionaram às pessoas que estiveram na edição deste ano da Expoacre, a primeira do seu governo. “Muito mais vocês já fizeram e vão continuar fazendo. E de nossa parte, vamos também retribuir com novos equipamentos, com a chegada, em breve, de 100 novas viaturas. Fiquem certos de que terão um governador ao lado de vocês até o último dia de meu mandato”, disse.

Por sua vez, o coronel da reserva Paulo Cézar Rocha dos Santos, secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, relembrou a situação em que se encontrava o Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (Cieps), onde são treinados os aprovados para as carreiras de policias civis e militares no estado.

Secretário de Segurança, coronel Paulo Cezar relembrou que o novo governo investiu R$ 1 milhão para recuperar as dependências do Cieps Foto: Diego Gurgel

“O encontramos em completo abandono. Sem as mínimas condições de funcionamento, mas este novo governo investiu R$ 1 milhão para recuperar as dependências do Cieps e estamos aqui. Outros 500 homens estão sendo esperados para serem treinados aqui estamos imbuídos de manter a ordem”, destacou Rocha dos Santos.

Já o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ezequiel Bino, fez um retrospecto de respostas imediatas a ações recentes do crime em Rio Branco. Uma delas foi evitar a execução de um morador do Belo Jardim e o combate a criminosos que tentavam impor o terror a moradores do entorno do bairro Mocinha Magalhães.

“Foi uma semana de muito esforço, canalizando nossos esforços para manter a sensação de segurança à população, ainda que reduzindo as folgas de nossos praça e oficiais”, asseverou Bino.