Covid-19

Funtac produz álcool em gel e distribui a servidores públicos

Com a chegada de casos confirmados do novo coronavirus ao estado, o governo tem adotado diversas medidas de prevenção para evitar a proliferação da doença. Os serviços públicos onde há maior concentração de pessoas foram suspensos, os atendimentos dos casos suspeitos foram direcionados a uma unidade de referência, aumentada a quantidade de leitos em hospitais, parques fechados, instalação de um comitê de combate a pandemia, salários adiantados e uma série de orientações disparadas diariamente em mídias sociais, alcançando rádio e televisão, afim de conscientizar as pessoas sobre a importância da higiene pessoal e evitar sair de casa.

Preocupados também com a saúde dos servidores que precisam garantir a manutenção dos serviços básicos a população, a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), com recursos próprios, iniciou a produção de álcool em gel. O objetivo é distribuir e alcançar todos trabalhadores da rede pública.

Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), com recursos próprios, iniciou a produção de álcool em gel Fotos: Junior Aguiar/Sesacre

“Nós iniciamos a produção de álcool em gel para a garantir a saúde e a segurança de todos os servidores do estado. Iniciamos a distribuição pela Funtac, Fapac e Ipem e nesta sexta-feira, nós estamos distribuindo no Deracre. Esta é apenas a primeira etapa e vamos continuar a distribuição nos setores”, explicou o diretor da Fundação, Tom Sérgio.

A Fundação de Tecnologia do Acre ainda é um laboratório, portanto, não tem condições de realizar produções em alta escala, a quantidade de produção diária é limitada à 150 frascos. Mesmo diante disso, observando a necessidade atual, o laboratório pretende alcançar a produção de 5 mil unidades a serem distribuídas entre os servidores.

“Iniciamos a distribuição em pequena escala, mas ainda vamos sentar com o secretário Alysson Bestene pra verificar a demanda da Secretaria de Saúde que é onde teremos uma maior produção, deixamos por último por uma questão de efetivo, mas não deixarão de ser abastecidos. É uma iniciativa do governo para que possamos amenizar os riscos, evitar o contágio e garantir a saúde de todos os trabalhadores”, finalizou o diretor.

laboratório pretende alcançar a produção de 5 mil unidades a serem distribuídas entre os servidores Fotos: Junior Aguiar/Sesacre