Cultura

Fundação Elias Mansour participa de seminário de arte e educação

Consolidando seu papel como instituição promotora e apoiadora da cultura e das artes, a Fundação Elias Mansour (FEM), por meio da Usina de Arte João Donato, compõe o time de parceiros do 3° Seminário de Arte e Educação da Universidade Federal do Acre (UFAC), participando ativamente de atividades com a colaboração de profissionais da casa.

O evento ocorre de 18 a 21 de setembro no Anfiteatro da Ufac e é realizado pelo Grupo de Pesquisa em Tecnologias Educacionais Inovadoras para a Amazônia (Teia-Ufac) e do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre (PPGAC-Ufac), em parceria com a Federação de Arte Educadores do Brasil (Faeb).

Evento ocorre de 18 a 21 de setembro no Anfiteatro da Ufac Foto: Cedida

Para o presidente da FEM, Manoel Pedro, por se tratar de um seminário que propõe discutir sobre a arte e a educação “é de fundamental importância que a cultura esteja presente participando dos debates, ouvindo, propondo, trocando ideias, levando propostas de intervenções e de projetos que possam dialogar com as instituições de ensino e com a classe artística que também trabalha com a educação”.

Dentre as inúmeras atividades que irão  acontecer durante os quatro dias de evento, a FEM faz sua estreia na programação com a Exposição Acre Aquarelável, na quarta-feira, 18, às 10h. Além disso, no dia 19, acontece a comunicação oral Artes Integradas da Usina de Arte, com início às 13h30. No dia 20, às 19h, na Mostra Usina Ufac de Arte, a FEM participa com o experimento Vivências Sonoras. Para encerrar a participação no seminário, no sábado, 20, haverá o experimento sensorial Sentir e Deixar Fluir, das 8h às 12h. Todas as atividades serão realizadas no Anfiteatro da Ufac.

No dia 20, das 8h às 12h, o público poderá participar da oficina A xilogravura em seus não lugares na Usina de Artes.