Floresta Digital recebe premiação e é considerado o melhor programa de inclusão digital do Brasil

A equipe do Floresta Digital recebeu o prêmio junto ao assessor especial Carlos Rebello (Foto: cedida)

A equipe do Floresta Digital recebeu o prêmio junto com o assessor especial Carlos Rebello (Foto: cedida)

O programa de inclusão do governo do Acre, Floresta Digital, consagrou-se o melhor programa de inclusão digital do Brasil com a conquista do Prêmio ARede 2013. A cerimônia de entrega foi nesta segunda, 28, no Itaú Cultural, em São Paulo.

Em sete anos de existência, o Prêmio ARede já reuniu mais de mil projetos, dando visibilidade aos de inclusão sociodigital do país. Este ano, foram mais de duzentos inscritos, entre organizações não governamentais, empresas e representantes do setor público e iniciativas de inclusão sociodigital. “O objetivo do prêmio é dar visibilidade aos melhores projetos, estimulando que o sucesso deles seja um estímulo para os outros”, explica a diretora editorial Lia Ribeiro Dias.

O Floresta Digital foi o vencedor na categoria Setor Público, pelos serviços aos usuários e à comunidade. “É uma grande honra para o Acre fazer parte dessa premiação. Essa conquista é mais um importante passo para nosso programa, que vem crescendo cada vez mais”, declarou Carlos Rebello, assessor especial do governo, representando o Estado na premiação.

Um critérios da premiação é encontrar entre os projetos concorrentes aqueles que consigam democratizar o acesso ao mundo digital, característica presente nas diferentes linhas de atuação do Floresta Digital. “Trabalho com uma ONG e não conhecia o projeto do Acre. Fiquei encantada com o que descobri, pois são diversas ações e vários trabalhos relacionados ao mesmo objetivo”, afirmou a administradora Karoline Raquel Aquino, apresentada ao programa durante a cerimônia de entrega.

A solenidade de entrega foi realizada no Itaú Cultural e contou com presença de diversos setores da sociedade (Foto: cedida)

Solenidade de entrega foi realizada no Itaú Cultural e contou com a presença de diversos setores da sociedade (Foto: cedida)

O Prêmio ARede reconhece todo ano diferentes iniciativas de inclusão sociodigital do Brasil. Entre os escritos em 2013, uma comissão julgadora especializada escolheu os onze vencedores, distribuídos em modalidades distintas – Setor Público, Setor Privado e  Terceiro Setor -, além dos prêmios especiais – special Educação e  Personalidade do Ano.

Nas páginas da revista

Além do reconhecimento como um dos principais projetos de Inclusão Digital do Brasil, a revista, edição 94, também dará destaque ao programa – chega a todo o Brasil em novembro. A edição trará em suas páginas detalhes sobre todos os projetos vencedores do Prêmio ARede 2013.

O Floresta Digital também está presente em mais uma edição do Anuário A Rede de Inclusão Digital, que chega à sua quinta edição, abrangendo os anos de 2013 e 2014.