agronegócio

Estado participa do 4º Congresso Internacional de Pecuária Leiteira da Amazônia Ocidental

O cenário da pecuária leiteira no Acre tem se fortalecido graças ao empenho e parcerias entre entidades privadas e instituições públicas. Por isso, nesta quinta-feira, 24, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa), participou do IV Congresso Internacional de Pecuária Leiteira da Amazônia Ocidental (Cipel), em Rio Branco. O evento foi organizado pela Universidade Federal do Acre (Ufac), Fórum de Inovação e Desenvolvimento do Acre e outros e realizado no auditório do Sebrae.

Estado participa do IV Congresso Internacional de Pecuária Leiteira da Amazônia Ocidental. Foto: Neto Lucena/Secom

O encontro tratou de temas como manejo de pastagem, manejo e reprodução de gado leiteiro, avaliação e desempenho das propriedades leiteiras e qualidade do leite.

Titular da Sepa, Edivan Azevedo disse: “Entre as ações do governo para o agronegócio, a usina de nitrogênio líquido foi a maior contribuição do Estado para o melhoramento genético e a produção de leite no Acre”.

Edivan Azevedo: “Usina de hidrogênio foi a maior contribuição do Estado”. Foto: Neto Lucena/Secom

Conselheiro do Sebrae local, Bruno Pena destacou: “É uma satisfação imensa estar com vocês. Acreditamos que podemos mudar a realidade e avançar em oportunidades para os produtores do estado, sobretudo na agricultura familiar”.

“A Sepa tem o intuito de construir uma rede colaborativa, entre técnicos, empresas, produtores e estudantes de engenharia agronômica, medicina veterinária e zootecnia, que serão os futuros profissionais e poderão ajudar no desenvolvimento da produção das cadeias produtivas”, enfatizou o chefe da Divisão de Pecuária da Sepa, Jalceyr Pessoa.

O encontro tem como objetivo desenvolver o setor e trazer mais qualidade de vida para os produtores da agricultura familiar.

Graduandos do curso de Engenharia Agronômica.Foto: Neto Lucena/Secom.

O doutor em ciências veterinárias na Ufac, Eduardo Mitke, frisou: “Nossa ideia é trazer mais especialistas da pecuária leiteira. Por isso, hoje temos um palestrante dos Estados Unidos, a fim de trazer mais informações e agregar mais conhecimento”.

Professor Eduardo Mitke e Leonardo Bezerra participaram dos debates durante o encontro realizado no Sebrae. Foto: Neto Lucena/Secom

“O evento traz a universidade para perto dos produtores e contribui para a inovação de métodos, tal como o  Ufac Leite, um projeto desenvolvido para aumentar a produção de leite”, disse o graduando de engenharia agronômica Leonardo Bezerra.