ambiente adequado

Estado cumpre compromisso em melhorar infraestrutura das escolas públicas

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), cumpre um importante compromisso com a qualidade do ensino nos municípios do Vale do Juruá: a reforma, ampliação e revitalização das escolas. Tudo para que os alunos encontrem um ambiente adequado e agradável quando a pandemia passar e as aulas presenciais retornarem.

Secretário Mauro Cruz (SEE) acompanha obras nas escolas Foto: Stalin Melo.

Desde o ano passado, o trabalho de recuperação das escolas vem sendo realizado e somente este ano quase 200 delas, em todos os municípios acreanos, já passaram por algum tipo de intervenção. Por um lado, a equipe de Ensino da SEE investe na qualidade das aulas remotas e, por outro, o pessoal de Manutenção aproveita para trabalhar e readequar os espaços escolares.

Escola Padre Damião estava há 15 anos sem receber qualquer reforma Foto: Stalin Melo.

Algumas dessas escolas estavam há 15 anos sem receber qualquer intervenção. É o caso da Padre Damião, localizada no bairro Remanso, em Cruzeiro do Sul. O gestor da escola, Albércio Brito, agradece o trabalho do governo do Estado e esclarece que em 2016, “para não dizer que não foi feito nada”, trocaram a cobertura.

“Essa reforma geral está sendo muito boa, os nossos alunos necessitam e merecem, afinal são alunos carentes e quando eles voltarem às aulas estarão recebendo uma escola nova. Isso vai deixar eles e todos nós muito felizes e acredito que toda a comunidade também”, diz.

Escola Cristão Cruzeiro também foi completamente reformada Foto: Stalin Melo.

Outra que também passou por uma intervenção completa, sendo praticamente refeita, foi a Cristão Cruzeiro. “Nossa escola teve que ser derrubada e reconstruída, o que foi uma coisa maravilhosa”, relata a gestora da escola, Alcinês Oliveira Gaspar.

Entre as intervenções realizadas pela SEE para melhorar as condições de ensino, estão a construção de um refeitório (que não existia antes), mudanças nos banheiros, ampliação da cozinha e instalação de bebedouros, além da pintura de todo o prédio. “Agora ficou 100% para que as crianças possam estudar”, afirmou.

Escola Maria de Nazaré, na Vila São Pedro, nunca tinha sido reformada Foto: Stalin Melo.

Ainda em Cruzeiro do Sul, outra escola revitalizada pelo governo do Estado foi a Maria de Nazaré Santiago, localizada na Vila São Pedro. Trata-se de uma escola rural, inaugurada em 1996 e que atende atualmente em torno de 300 alunos do fundamental II, do ensino médio e também da educação de jovens e adultos (EJA).

O gestor da escola, Antônio da Silva Costa, explica que, entre as diversas melhorias realizadas pelo governo, estão  a rampa de acesso, indispensável para os alunos com deficiência, as reformas dos banheiros e a ampliação da cozinha, além de uma cobertura, que não havia. “Nossa escola foi toda reformada”, informa.

Mâncio Lima

Na Belarmino de Mendonça cozinha foi ampliada e reformada Foto: Stalin Melo.

No município de Mâncio Lima, a SEE também realizou um conjunto de intervenções e melhorias nas escolas. Na Belarmino de Mendonça, que conta com aproximadamente 480 alunos, foi construída uma cobertura no pátio para os alunos, a ampliação da cozinha, reformas dos banheiros e pintura da escola. “Ficou excelente”, avalia José Fernandes Goés, gestor.

Uma que passou por ampla intervenção foi a Francisco Freire de Carvalho, que era de ensino médio e passou a ser de ensino integral. O gestor Josimar Santos faz questão de dizer que o governador Gladson Cameli e o secretário Mauro Sérgio Cruz (SEE) “não têm medido esforços em alavancar a educação em nosso Estado”.

Na Francisco Freire, em Mâncio Lima, o que era cerca virou muro Foto: Stalin Melo.

Ele lembra que no ano passado o secretário realizou uma visita à escola, quando foram apresentadas algumas demandas. “De imediato o secretário já solicitou que fossem feitas as intervenções necessárias e recebemos a construção do muro, que agora deixou a escola muito mais protegida, além da adequação da cozinha, reformas de banheiros e também da nossa quadra. Essa reforma geral está sendo muito benéfica”, afirma.

Intervenção geral

A coordenadora do Núcleo da SEE em Cruzeiro do Sul, Rute Bernardino, explica que desde o ano passado o governo já vem realizando uma ampla intervenção nas escolas. “Praticamente todas as escolas urbanas da nossa cidade foram reformadas e ampliadas”, disse.

Professora Rute, com o secretário Mauro Cruz, acompanhando as obras nas escolas Foto: Stalin Melo.

Entre as escolas que estão ou já foram reformadas pela SEE, a gestora cita a Juarez Ibernon, de ensino médio e localizada na BR-364, a Cora Coralina, também na BR, o Colégio Cívico-Militar Madre Andelgundes, a Escola Valério Magalhães e o Colégio Militar Dom Pedro II, coordenado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Acre  (CBMAC).

Rute Bernardino lembra que, nas unidades rurais que ainda não receberam as reformas, os trabalhos serão iniciados. É o que ocorre com as instituições que se encontram ao longo do Rio Liberdade. “Temos uma escola, a Maria de Nazaré Santiago, que foi construída na época do ex-governador Orleir Cameli e nunca tinha recebido uma reforma”, lembra.

Outra que foi completamente revitalizada pelo governo do Estado no ano passado e que a coordenadora cita é a Flodoardo Cabral, de ensino médio. “Foi totalmente reformada, a cozinha ampliada, novas salas de aula foram construídas, enfim, houve uma intervenção completa”, diz.

“Com essas melhorias os alunos têm um ambiente mais adequado e bonito para estudo. Toda a comunidade escolar as recebe com muita alegria. Isso aumenta a autoestima de todos, principalmente de professores e funcionários, pois sabemos que a educação é um conjunto de fatores que vêm desde a formação, a valorização profissional e também o ambiente em que se trabalha”, analisa.