estudo socioeconômico

Em parceria com Tribunal de Contas e Aleac, governo constrói um novo modelo de desenvolvimento para o Acre

Por Marcos Dias

Em uma agenda bastante corrida, o professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clélio Campolina, esteve durante toda a semana passada reunindo-se com autoridades e gestores públicos acreanos, na busca de informações e indicadores que possam subsidiar um estudo socioeconômico, sob a coordenação do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar), que possa apontar um novo modelo de desenvolvimento para o Acre.

Presidente do Deracre, Petrônio Antunes, recebeu o presidente do TCE, Ronald Polanco e o ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clelio Campolina, para discutir as prioridades na infraestrutura e as viabilidades econômicas do Estado. Foto: Marcos Dias

A contratação do Cedeplar – do qual o professor Campolina é membro – para a realização do estudo é resultado de uma parceria entre governo, Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), que estão trabalhando juntos pelo futuro do Acre. A agenda do professor Campolina, acompanhado por uma equipe do governo, incluiu visita à Comissão de Orçamento e Justiça, na Aleac; palestra na Fieac; visita ao Polo de Desenvolvimento de Brasileia; à cidade peruana de Iñapari e reunião com autoridades e empresários em Cruzeiro do Sul.

Secretário da Fazenda Estadual, Amarísio Freitas, professor Campolina, empresário James Cameli e o presidente do TCE, Ronald Polanco, em Cruzeiro do Sul. Foto: Orlando Sabino