qualificação

Educação certifica 175 secretários escolares em todo o estado

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE) realizou na manhã desta quinta-feira, 30, a certificação de 175 secretários escolares, dos quais 82 participaram da cerimônia em Rio Branco e os outros 93 em 18 municípios do interior.

Em Rio Branco, da solenidade de entrega dos certificados aos professores participaram a secretária Socorro Neri; a diretora de Ensino, Denise dos Santos; o chefe do Departamento de Gestão de Redes, Aberson Carvalho; e a chefe do Departamento de Formação, Lídia Cavalcante.

Certificação dos secretários escolares foi realizada no auditório da SEE. Foto: Mardilson Gomes

O curso de assistente de secretário escolar, ministrado de março de 2020 a abril deste ano, foi ofertado pelo Departamento de Formação e Assistência Educacional da SEE. Os eixos e módulos estavam em consonância com as recomendações do Ministério da Educação e Cultura (MEC).

O primeiro eixo de formação foi realizado ainda de forma presencial. Os outros, de maneira remota. Ao todo foram quatro módulos e o curso teve a duração de 180 horas. Foi prestada uma homenagem póstuma a três secretários escolares que faleceram no decorrer do curso.

Curso durou um ano e maior parte foi realizada de maneira remota. Foto: Mardilson Gomes

O curso de auxiliar de secretário escolar está previsto pelo MEC e faz parte da formação inicial e continuada da SEE, um compromisso do governo do Estado. A certificação dos profissionais se dá exatamente na data em que se comemora o Dia Nacional do Secretário Escolar.

“Uma das competências da SEE é promover a formação continuada dos seus servidores, buscando qualificar as funções pedagógicas e cumprir o que determina o governador Gladson Cameli, que é promover aos nossos estudantes uma educação de qualidade”, afirmou secretária Socorro.

Secretária Socorro Neri (SEE) destacou o início das aulas presenciais. Foto: Mardilson Gomes

De acordo com Lídia Cavalcante, os secretários escolares não exercem apenas uma função técnica, mas sobretudo uma função pedagógica. “Mais do que com documentos, trabalham também com questões pedagógicas presentes na vida escolar”, enfatizou.

A assertiva foi confirmada pela secretária da Escola Iza Melo, Raimunda Figueiredo, que na solenidade falou em nome de todos os profissionais. “A secretaria escolar vai além da burocracia. Tivemos uma oportunidade riquíssima de desenvolvimento, já que a equipe de formação estava muito atualizada e nos deu toda a assistência para atingir nosso objetivo. Foi um curso bastante proveitoso”, destacou ela.