mobilização

Doações no Acre reforçam solidariedade a famílias em situação de risco

As doações têm sido um ato de solidariedade e apoio a quem está mais vulnerável nesses tempos de crise no Acre  

Mesmo com todos os esforços do poder público, a ajuda voluntária tem feito da solidariedade um exercício diário de amor ao próximo neste momento de enchentes dos rios acreanos e também da crise migratória em Assis Brasil. O governo do Estado, por meio do Gabinete da Primeira-Dama e da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), recebeu nesta terça-feira, 23, a doação de mais de 200 cestas básicas, fraldas descartáveis, R$ 20 mil e dois mil pães.  

Primeira-dama do Estado do Acre, Ana Paula Cameli. Foto: Neto Lucena/Secom

O Sindicato das Indústrias de Frigoríficos e Matadouros do Estado do Acre (Sindicarnes/AC) realizou uma doação de cem cestas básicas, e mais cem foram doadas pelo Sindicato dos Gestores de Políticas Públicas e dos Técnicos de Gestão Pública do Estado do Acre (Sintegesp). 

A Associação dos Procuradores do Estado do Acre (Apeac) realizou a doação de fraldas descartáveis, cestas básicas e o valor de R$ 20 mil. Todas as doações foram entregues à primeira-dama do Estado do Acre, Ana Paula Cameli. 

“Este é um momento de unirmos forças e o acreano tem um coração abençoador. Estou muito feliz e grata de ver todas as doações que estamos recebendo para ajudar as pessoas que estão sofrendo neste período. E, se você ainda não fez sua doação, nos ajude”, solicitou Ana Paula Cameli. 

Além das demandas iniciais por comida, kits de limpeza e higiene, agora as famílias precisam de roupas, sapatos, roupas de cama, colchões, fraldas descartáveis, massa de mingau, leite e água potável. 

Primeira-dama Ana Paula Cameli recebendo a doação do diretor da Sindicarnes, Nenê Junqueira. Foto: Neto Lucena/Secom

“Temos que ser solidários neste momento tão difícil que o Acre atravessa. O Sindicarnes será sempre sensível e disposto a ajudar a população acreana”, afirmou Nenê Junqueira, diretor do sindicato.

O coordenador financeiro, Estéfano Vieira, ressaltou que o SINTEGESP, acompanha as ações nas redes sociais da primeira-dama e que o sindicato que já tem um histórico de apoio a projetos sociais e a equipe de servidores decidiram participar desse momento de solidariedade. 

Doação de cestas básicas da Sintegesp. Foto: Neto Lucena/Secom

“Estamos a disposição para contribuir nesse momento difícil que o Acre tem enfrentado e precisamos ajudar com ações de relevância para o bem do próximo, pois acreditamos que esse movimento de sindicatos, empresas e sociedade civil como um todo fazendo suas doações, poderemos ajudar muitas pessoas”, salientou Estéfano Vieira. 

A Associação dos Procuradores do Estado do Acre, sempre parceira das ações sociais do governo, encabeçou uma meta para cada procurador, conseguindo levantar o valor de R$ 20 mil. O grupo continua com arrecadações, além das cestas básicas e fraldas descartáveis. 

“Estamos muito satisfeitos com essa parceria e em ver o desafio que tem sido para o governador Gladson e a primeira-dama Ana Paula Cameli conduzirem as doações e ainda levar gestos de carinho e preocupação com o bem-estar da população, que tem sofrido neste  período de crise. Continuaremos arrecadando pelo bem do coletivo, podem contar com o apoio da Apeac”, afirmou Daniela Carvalho, procuradora do Estado. 

Primeira-dama Ana Paula Cameli recebendo a doação da Associação dos Procuradores. Foto: Neto Lucena/Secom

O Atacadão do Pão realizou a doação de dois mil pães para ajudar as famílias em vulnerabilidade social. Todas as doações estão sendo organizadas e distribuídas pela SEASDHM. Para doações financeiras: Banco do Brasil – Agência: 35505 Conta Corrente: 100-7  Nº da Conta Financeira: 2760608019