Diretores de escolas da regional Juruá tomam posse

(Foto: Onofre Brito/Secom)
(Foto: Onofre Brito/Secom)

O Acre é referência no que concerne ao processo de nomeação de diretores escolares. Eles não são indicados; passam primeiro por uma formação e depois por um processo de eleição em que têm que ser escolhidos pela comunidade de pais, alunos, professores e equipe técnica.

Em torno de 70 diretores dos municípios da regional do Juruá tomaram posse na noite de quinta-feira, 4, em cerimônia no Teatro dos Nauas, totalmente lotado, com o desafio de conduzir as escolas estaduais tanto no âmbito administrativo, e principalmente no pedagógico.

Na cerimônia, mais uma mostra do quanto os acreanos amam seus hinos. O Hino do Acre e o de Cruzeiro do Sul foram cantados com apresentação de personagens que fizeram sua História. Gestores pioneiros no Vale do Juruá foram homenageados.

Para o secretário de Educação, Marco Brandão, presente à cerimônia, um diretor assumir essa liderança é uma grande responsabilidade “porque as escolas são, às vezes, o único aparelho que representa o estado numa comunidade”.

Desafios

Jair de Souza Costa: “Nasci professor na escola Dom Henrique” (Foto: Onofre Brito/Secom)
Jair de Souza Costa: “Nasci professor na escola Dom Henrique” (Foto: Onofre Brito/Secom)

O professor Flávio Rosas da Silva dirigiu a escola Craveiro Costa nos últimos dois anos. Agora foi reconduzido para um mandato de quatro anos. Ele conta que o maior desafio na escola é diminuir os índices de evasão escolar e de reprovação. Ele lembra que quando assumiu a escola em 2014 teve que trabalhar a autoestima de alunos e professores.

“Hoje já há uma mudança de pensamento na nossa escola e o índice de reprovação em 2015 baixou em relação ao ano anterior”, disse.

Jair de Souza Costa tem apenas 28 anos de idade e oito de profissão e obteve a proeza de ter sido eleito para dirigir a maior escola de Cruzeiro do Sul, a Dom Henrique Ruth, escola onde trabalha desde que iniciou a vida de professor.

“Nasci professor dentro da escola Dom Henrique”, comenta bem-humorado. E completa: “Tenho ótimas expectativas. O principal objetivo de minha gestão é oferecer um estudo de excelência”.