atenção

Detran alerta para os perigos e penalidades de circular com o veículo sem os elementos de segurança

O condutor precisa fazer muito mais do que dirigir com atenção, manter em dia sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e os documentos do veículo. Para um trânsito seguro, é importante atentar para elementos de segurança, que são obrigatórios e podem salvar vidas, já que diminuem a possibilidade de acidentes.

Por isso, é importante que o condutor ou proprietário de um veículo esteja atento e verifique as condições desses elementos, que são peças do automóvel presentes, em bom estado de uso e de funcionamento. Alguns são perecíveis, como pneus, por exemplo. Pneus carecas aumentam o risco de aquaplanagem, comprometem o tempo de resposta ao frear e afetam a estabilidade do veículo, além de constituírem uma infração de trânsito.

Outros exemplos de elementos que são exigidos pela legislação e muitas vezes ignorados pelos proprietários de veículos são: falta de estepe, falta de retrovisor, para-brisa e pisca-alerta danificados, assim como alterações de características do veículo sem a devida regularização junto ao Detran.

Veículos sem a devida manutenção representam riscos de acidentes Foto: Arquivo Detran

“São itens que parecem simples, mas que podem ser decisivos para evitar um acidente. Os casos mais reincidentes aqui são pneu careca, sem condições de circulação, película refletiva, que é expressamente proibida, assim como mudanças, por exemplo, do sistema de iluminação”, diz Aline Cavalcante, chefe da Divisão de Vistoria de Veículos do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC).

Vale lembrar que toda e qualquer mudança na originalidade do veículo necessita de um processo junto ao Detran, com exigência de vistorias e retirada de novo documento registrando as alterações.