No trânsito, Dê sentido à Vida!

Detran/AC abre Semana Nacional de Trânsito com foco no motociclista

“Em 2019, 61% das mortes no trânsito do estado tiveram o envolvimento de motociclistas”, afirmou o presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC), Luiz Fernando Duarte, na abertura da Semana Nacional de Trânsito na tarde desta quarta-feira, 18, no Lago do Amor, em Rio Branco.

Os dados revelados pelo presidente foram computados pela Coordenação de Engenharia e Estatística do Detran e representam apenas as mortes ocorridas em vias estaduais referentes aos meses de janeiro a julho deste ano.

Pensando nesta problemática do trânsito, o Governo do Acre lançou no estado a etapa nacional da campanha para a redução de mortes no trânsito. A Semana Nacional de Trânsito que acontece em todo o país de 18 a 25 de setembro.

Este ano, o tema proposto pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) é “No trânsito o sentido é a vida”. No Acre, a Coordenação de Educação de Trânsito irá trabalhar com a conscientização voltada para os motociclistas com o tema: Moto: é preciso saber usar\é preciso respeitar.

Diversos setores ligados ao trânsito participaram da solenidade Foto: Renato Beiruth/Detran

Para o empresário Oswaldo Dias, proprietário de concessionária de motocicletas a imprudência está nos pilotos de motocicletas. “Quem comete infrações são as pessoas e não as motocicletas. Eu piloto com responsabilidade e nada acontece comigo”, ressaltou.

Segundo o presidente do Detran, a proposta do SNT é convidar toda a sociedade para adotar posturas corretas no trânsito. “Se cada um fizer a sua parte por um trânsito mais seguro e humano iremos reduzir os índices de acidentalidade em nosso estado”, afirmou Luiz.

Participaram do evento servidores do Detran, representantes de motoclubes, motoboys, servidores da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Universidade Federal do Acre (Ufac), representantes de  autoescolas, projeto Vida no Trânsito,  Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT), Corpo de Bombeiros  e sociedade civil.

No final do evento aconteceu um passeio de motocicletas pela cidade Foto: Renato Beiruth/Ascom Detran)