Biblioteca da Floresta vai apoiar eventos em defesa de território palestino

Biblioteca da Floresta realiza ações em defesa da independência e soberania da Palestina (Foto: Acervo Secom)
Biblioteca da Floresta realiza ações em defesa da independência e soberania da Palestina (Foto: Acervo Secom)

A Biblioteca da Floresta/FEM e o Comitê Acreano de Solidariedade da Luta e da Causa do Povo Palestino firmaram nesta segunda-feira, 13, parceria para a realização de ações em defesa da independência e soberania da Palestina. O apoio foi garantido pelo diretor da instituição, Marcos Afonso Pontes, ao presidente do comitê, o ativista Abrahim Farhat, o “Lhé”.

Com isso, a biblioteca se junta às demais entidades acreanas que apoiam a causa, entre elas a Secretaria de Estado de Direitos Humanos (Sejudh), uma das protagonistas do movimento.

Por iniciativa do deputado José Luis Tchê (PDT), a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) aprovou o projeto de lei que definiu a data de 29 de novembro como o “Dia Estadual de Solidariedade ao Povo Palestino”, em consonância com resolução da Organização das Nações Unidas (ONU), que sugere as comemorações na mesma data para o mundo todo.

Segundo Farhat, que é descendente de árabes, até o final do ano o comitê realizará algumas atividades com o objetivo de incluir o Acre na rota de movimentos pró-Palestina.