Bebê com perda auditiva recebe prótese pelo programa Saúde Auditiva

Lindo vídeo do Gabriel, que tem 6 meses e perda auditiva de grau profundo. Hoje ele foi adaptado com Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) bilateral. Os exames e avaliação médica otorrinolaringológica foram realizados dentro do Programa Saúde Auditiva, que tem suas instalações no Hospital Das Clínicas HC…Via Indira Viana#SUS #ProgramaSaudeAuditiva

Posted by Tião Viana on Thursday, September 10, 2015

 

O pequeno Gabriel Pinheiro tem apenas seis meses de idade. Ao nascer, após alguns exames, entre eles o Teste da Orelhinha, realizado no Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco, sua mãe, Cleide Pinheiro recebeu o diagnóstico que não esperava: Gabriel tinha perda auditiva de grau profundo bilateral.

Cleide procurou há dois meses o programa Saúde Auditiva do HC, onde, após novos exames e avaliações médicas, teve início o acompanhamento da criança. Na quinta, 10, Gabriel recebeu o Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) bilateral. Um vídeo divulgado em uma rede social mostra a alegria do bebê ao ouvir a voz da fonoaudióloga do HC, Indira Viana, conversando com ele.

“O Gabriel só respondia a estímulos bem altos, como quando a gente batia palmas, por exemplo. Ele não ouvia a voz em tom normal”, relata Cleide. No dia seguinte após receber o AASI, Gabriel já está respondendo aos estímulos auditivos, segundo a mãe. “Ele está balbuciando bem mais do que antes e olhando quando é chamado pelo nome”, diz.

A perda auditiva profunda bilateral atinge cerca de 1 em cada 1.000 recém-nascidos. Os aparelhos auditivos são o tipo de ajuda mais utilizada como primeira forma de tratamento em casos de surdez profunda, pois sua potência pode ser facilmente alterada e regulada para se adequar ao grau auditivo de cada paciente.

“Quanto mais cedo a detecção da deficiência auditiva, melhores são as chances de uma adaptação com sucesso e o desenvolvimento da linguagem o mais próximo do normal possível”, explicou Indira.

Saúde Auditiva

O Programa de Saúde Auditiva funciona no Hospital das Clínicas de Rio Branco (HC) ofertando todos os níveis de tratamento para a perda de audição, desde triagem auditiva neonatal (Teste da Orelhinha), para detecção de problemas auditivos em recém-nascidos, até oferta de próteses auditivas.

O serviço habilitado é de alta complexidade e a equipe é formada por médicos otorrinolaringologistas e fonoaudiólogos especializados. Os interessados devem procurar uma unidade básica de saúde para, caso haja necessidade de tratamento, serem encaminhados ao HC.